Álbum completo “O Mundo Canta Raça Negra” chega às plataformas de áudio

A banda Raça Negra lançou pela Som Livre a última parte do projeto audiovisual “O Mundo Canta Raça Negra”, gravado na Arena Petry, em Florianópolis. Com 7 novas canções, o álbum completo conta com 23 faixas entre inéditas e participações especiais de Juliana Paes, Jorge & Mateus, Dilsinho, Tierry, Joey Montana e Anselmo Ralph - ouça aqui.


O destaque desta última etapa fica para a inédita “A Mesma Aliança”, parceria com a dupla Jorge & Mateus, que está presente também no pot-pourri “Só Com Você/Preciso Ter Alguém”. O videoclipe da canção já pode ser visto no canal oficial do Raça Negra no YouTube - assista aqui.Há muito tempo eu tinha essa vontade de gravar algo com a dupla Jorge & Mateus. Nós já nos cruzamos muitas vezes pelas estradas desse brasilzão, mas nunca tínhamos colocado o plano em prática. Dessa vez deu certo. Eles são artistas incríveis e tê-los comigo em duas faixas desse projeto foi muito especial”, conta Luiz Carlos.


Outro momento especial foi a participação da atriz Juliana Paes dançando lindamente a faixa “Cheia de Manias”, trilha sonora da protagonista Maria da Paz, na novela “A Dona do Pedaço”, exibida pela TV Globo em 2019. Embarcando no astral de Juliana Paes, a artista também foi convidada para ser a musa de uma das canções inéditas do álbum: “Tititi Lelele”.

A Juliana Paes é uma força da natureza! Além de ser uma mulher lindíssima e extremamente talentosa no que faz, ela é alto astral e emana luz por onde passa. Foi lindo vê-la brilhando ainda mais no nosso palco”, fala Luiz Carlos.


Concluem o projeto a também inédita “Mudar Pra Quê" e as regravações “Jeito Felino” e “Volta Pra Ela/E Agora”. As canções estão disponíveis em todas as plataformas de áudio e no decorrer dos próximos dias os clipes das faixas serão compartilhados no YouTube do grupo.

O repertório do novo DVD viajou pelos 39 anos do Raça Negra. Ao todo foram captadas 23 faixas, entre elas sete canções inéditas. No palco, Luiz Carlos, 24 músicos e bailarinas que desfilavam lindas coreografias e acentuavam ainda mais a beleza da cenografia e iluminação do espetáculo. Realizado inteiramente pela Som Livre em um projeto 360º, um mini-documentário sobre a banda, com os bastidores do projeto e cenas marcantes da carreira do Raça Negra, chega também nesta sexta-feira (08) nos perfis oficiais do Raça Negra no Instagram e no TikTok.




Álbum “O Mundo Canta Raça Negra” - Raça Negra

Lançamento Som Livre - 08 de julho/2022

1 -- Inquilino part. Tierry (Vinicius Leão, Anderson Toledo, André Freire)

2 -- Tempo Perdido (Luiz Carlos)

3 -- Te Quero Comigo (Antonio Carlos de Carvalho, Gabú)

4 -- Tarde Demais (Luiz Carlos, Elias Muniz)

5 -- A Culpa é Sua (Fabiano de Paul, Sergio de Paula, Vinícius Leão)

6 -- Ainda Amo Você (Elias Muniz, Juliana Bandeira) /Oi (Estou Te Amando) - (Édson Café, Gabú, Luiz Carlos) - part. Joey Montana

7 -- Estou Mal (Luiz Carlos, Antonio Carlos de Carvalho) /Sozinho (Luiz Carlos, Elias Muniz) /Volta (Luiz Carlos)

8 -- Deus Me Livre (Carlos Eduardo, Ataíde e Alexandre, Darci Rossi e Serginho Sol)

9 -- Mão Só de Ida part. Dilsinho (Allan Caramaschi/Éder Brandão/Luiz Carlos)

10 -- Me Leva Junto Com Você (Luiz Carlos)

11 -- Cigana (Gabú)

12 -- Maravilha part. Anselmo Ralph (Luiz Carlos/Elias Muniz)

13 -- Transplante (Rafael Augusto/Murilo Huff/Ricardo Bismarck/Ronael/Jean Carlos/Elias Costa)

14 -- Quando Te Encontrei (Luiz Carlos/Gabú)

15 -- Perdi Você (Luiz Carlos/Gabú)

16 -- Como Não Olhar (Luiz Carlos/Elias Muniz)

17 -- A Mesma Aliança part. Jorge e Mateus (Vinícius Leão, Fátima Leão, Allan Caramaschi)

18 - Cheia de Manias part. Juliana Paes (Luiz Carlos)

19 -- Só Com Você (Antônio Carlos de Carvalho /Aroldo Alves Sobrinho) /Preciso Ter Alguém part. Jorge e Mateus (Luiz Carlos / Elias Muniz)

20 -- Jeito Felino (Gabú)

21 -- Volta Pra Ela (Antonio Carlos de carvalho/ Luiz Carlos/ Manoel N Pinto/ Waldyr Luz) /E Agora (Luiz Carlos / Elias Muniz)

22 -- Mudar Pra Que (Xande de pilares, Luiz Carlos, Elias Muniz)

23 -- Tititi Lelele part. Juliana Paes (César Augusto, Luiz Carlos)

O MUNDO CANTA RAÇA NEGRA

Direção executiva: Allan Caramaschi

Direção geral e artística: Luiz Carlos e Allan Caramaschi

Direção de Vídeo: AT+G Produções e Anselmo Trancoso

Produção musical: Vinícius Leão, Anderson Toledo e Caixote Ficha Técnica - Mini-documentário: Roteiro: Yan Lassance Fotografia e Captação: João Sá e Victor Corrêa Som: Luiza Canedo Edição: Paulo Magdalena

Sobre Raça Negra

Desafiar o tempo com suas canções é uma das principais característica do Raça Negra e só um projeto grandioso como esse poderá ser capaz de celebrar o sucesso de uma das bandas mais queridas do Brasil.

Há 39 anos o Raça Negra segue sendo um fenômeno. Suas músicas tornaram-se atemporais e transitam por todos os públicos e gerações. Formado em São Paulo, em 1983, o grupo foi pioneiro no segmento do samba romântico, sendo o primeiro a tocar em uma rádio FM. Responsável pela popularização do gênero nos meios de comunicação, o Raça Negra emplacou um hit atrás do outro e até hoje segue atraindo público e mídia.

Em 1990 a banda emplacou inúmeros sucessos como “Cigana”, “Doce Paixão”, “Cheia de Manias”, entre outros, e deu início a era do samba paulista, que invadiu as rádios populares. O sucesso se manteve por boa parte da década e, na ocasião, a banda chegou a ter o maior cachê cobrado por um show nacional.

A canção “É Tarde Demais” está no Guinness (livro dos recordes) como a música mais tocada em um único dia no mundo: 600 vezes em 20 de julho de 1995. O Raça Negra abriu as portas para o sucesso de muitos grupos que vieram depois deles, beneficiando não só eles, mas todo o segmento, inclusive carreiras já existentes.

Hoje, com a era da tecnologia, redes sociais e streamings, o Raça Negra alcançou números ainda mais expressivos. São 23 milhões de ouvintes e 580 milhões de plays no Spotify, mais de 100 milhões de plays na canção “Cheia de Manias”, 12 milhões de seguidores nas redes sociais, 1.1 bilhão de visualizações no YouTube e 120 milhões de views com a hashtag #RacaNegranoTiktok.

Sobre a Som Livre

Com sua capacidade única de entender e antecipar preferências, aspirações e comportamentos dos brasileiros, a Som Livre é o reflexo do gosto musical do brasileiro. É uma empresa de música digital totalmente integrada com um modelo comprovado para identificar, desenvolver e promover a música e os artistas que os fãs continuarão a abraçar nas próximas décadas. A Som Livre tem forte atuação em eventos ao vivo, sendo produtora de festivais no país por meio de diversas marcas, como Festeja e Samba Demais. Ela também tem sua plataforma de distribuição de música, a Fluve, e operações adicionais em sua editora musical.

Acompanhe a Som Livre nas redes:

Site Som Livre

Instagram Som Livre

Facebook Som Livre

Twitter Som Livre

YouTube Som Livre

LinkedIn Som Livre



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square