Ailton Graça e Paulo Betti lançam novo filme no dia 19 de maio

Estreia no dia 19 de maio o longa-metragem de Joel Zito Araújo, “O Pai da Rita”. Veja o trailer aqui. Com pré-estreias marcadas para o dia 16 no Rio de Janeiro e em São Paulo no dia 17 de maio, o filme é inspirado na canção “A Rita” do cantor e compositor Chico Buarque. A comédia dramática narra a história de Roque e Pudim, músicos, boêmios, e compositores da tradicional escola de samba Vai-Vai que tem como cenário o bairro do Bexiga. Entre lembranças e conflitos, os grandes amigos entram em uma guerra gerada por uma dúvida sobre o passado: Quem é o pai da Rita? Roque, Pudim ou, quem sabe, Chico Buarque? No elenco estão Ailton Graça, Jéssica Barbosa, Wilson Rabelo, Paulo Betti, Léa Garcia, Nathalia Ernesto e Elisa Lucinda. (veja a sinopse abaixo).


Produzido pela Casa de Criação Cinema, coproduzido pela Globo Filmes e com distribuição da O2 Play, o longa-metragem é o primeiro filme de ficção de Joel Zito de Araújo após “Filhas do Vento”, de 2004, onde ganhou oito Kikitos no Festival de Gramado, incluindo o prêmio de Melhor Diretor, e o de Melhor Filme do Festival de Tiradentes.



Considerado um dos grandes cineastas e pensadores negros do País, Joel Zito Araújo transita com desenvoltura entre o cinema documentário e de ficção, colocando o negro em cena no Brasil e no mundo. O diretor já fez renomados filmes, como os documentários "A Negação do Brasil" (2001), vencedor do É Tudo Verdade, e "Meu Amigo Fela" (2019), que estreou no Festival Internacional de Roterdã (IFFR) e ganhou o Prêmio Especial do Júri na Competição Internacional no É Tudo Verdade, os prêmios de Melhor Filme da Diáspora Africana do FESPACO/Burkina Faso, e de Ja’Net Documentário no Pan African Film Festival-PAFF em Los Angeles, entre outros.


Com uma extensa obra que lhe deu 36 prêmios, atualmente Joel Zito segue a todo vapor, dirigindo a série-documental "PCC - O Poder Secreto" para a HBOMAX, e pretende entreter o público com esta mais nova comédia dramática, "O Pai da Rita", em coprodução com a Globo Filmes.

Sinopse

Roque e Pudim, compositores da velha guarda da Vai-Vai, partilham uma kitnet, décadas de amizade, o amor por sua escola de samba e uma dúvida do passado: o que aconteceu com a passista Rita, paixão de ambos. O surgimento da Ritinha, filha da passista, ameaça desmoronar essa grande amizade.


Serviço

“O Pai da Rita" - direção de Joel Zito de Araújo

Pré-estreias

Rio de Janeiro dia 16 de maio, às 21h no Espaço Itaú Botafogo

São Paulo dia 17 de maio às 21h no Shopping Frei Caneca

Estreia nacional dia 19 de maio

Ficha Técnica:

Criado e dirigido por: Joel Zito Araújo.

Argumento: Joel Zito Araújo.

Produção Executiva: Luiza Botelho Almeida e Joel Zito Araújo.

Roteiro: Di Moretti.

Roteiro inspirado livremente nas músicas “A Rita” e “O Samba de um Grande Amor” de Chico Buarque de Holanda.

Produção: Casa de Criação Cinema.

Coprodução: Globo Filmes.

Distribuição: O2 Play.

Globo Filmes

A Globo Filmes atua como produtora e coprodutora de filmes brasileiros com foco na qualidade artística e na diversidade de conteúdos que valorizam a nossa cultura, maximizando a audiência no cinema e demais janelas.

Desde 1998, participou de mais de 400 filmes, levando ao público o que há de melhor do cinema brasileiro; comédias, romances, documentários, infantis, dramas e aventuras. Fazem parte de sua filmografia recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ -- ambos com mais de 11 milhões de espectadores --, sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, e longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ -- com quatro indicações ao Oscar -- e 'Bacurau', que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes.

Casa de Criação Cinema

Casa de Criação Cinema e Artes tem 30 anos de existência, tendo sido criada em 1992 pelo cineasta Joel Zito Araújo e tem como sócia a cineasta Luiza Botelho Almeida. A empresa é conhecida por obras que promovem conscientização sobre as questões raciais e sociais da diáspora africana, principalmente da população negra. Produziu mais de 36 filmes premiados, que inclui o premiado documentário Meu Amigo Fela (2019), que estreou no Festival Internacional de Roterdã e ganhou o Prêmio Especial de Júri -- Competição Internacional de Longas e Médias-Metragens no É Tudo Verdade, o documentário Raça (RACE - 2012), um retrato do debate racial no Brasil contemporâneo, co-dirigido com a cineasta vencedora do Oscar Megan Mylan; o longa-metragem de ficção Filhas do Vento (2004), que reuniu o maior elenco negro da história do cinema brasileiro e conquistou seis prêmios no prestigioso Festival de Cinema de Gramado; o documentário Negação do Brasil (Negando o Brasil - 2001) sobre a participação de atores negros em novelas brasileiras, vencedor de Melhor Documentário no Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade (É Tudo Verdade), entre outros.

O2 Play

A O2 Play é dirigida por Igor Kupstas sob a tutela de Paulo Morelli, sócio da O2 Filmes e faz parte do grupo O2, que tem como sócios também o cineasta Fernando Meirelles e a produtora Andrea Barata Ribeiro. Em atividade desde 2013, a O2 Play se diferencia das demais distribuidoras por trabalhar além do cinema, TV e vendas internacionais, o VOD (Video on Demand), licenciando conteúdo para além de 30 plataformas digitais. Já foram mais de 50 filmes lançados em cinemas, entre títulos brasileiros premiados, como “Sócrates” e “Chorão - Marginal Alado” e internacionais, como "O Irlandês", "Dois Papas” e "Não Olhe Para Cima”, em parceria com a Netflix, e "Annette", que abriu o Festival de Cannes 2021, onde ganhou a Palma de melhor direção.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square