Amazônia Jazz Band apresenta novo repertório em homenagem à Independência do Brasil

Uma viagem musical. Essa é a proposta da consagrada Amazônia Jazz Band (AJB) para o concerto inédito desta quarta-feira (17), às 20h, no palco do Theatro da Paz e que promete surpreender até o público que já acompanha a big band. A apresentação é uma realização do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SECULT), Theatro da Paz e Academia Paraense de Música (APM).

De acordo com o maestro Eduardo Lima, o concerto apresenta um repertório novo e a az uma singela homenagem ao bicentenário da Independência do Brasil, sempre com a qualidade técnica dos músicos da Amazônia Jazz Band. “É uma honra ter músicos tão bons e grandes arranjadores. Como maestro as possibilidades são diversas e sendo a AJB eclética e versátil, nosso exercício constante é valorizar a nossa cultura por meio do jazz”, afirmou.



Descrição das peças

Como primeiro número a Amazônia Jazz Band vai fazer ‘Zarathustrevisited’ de RichardStrauss, um grande sucesso da música mundial e em ritmo de funk, muito bem interpretada pela Jazz Band. A segunda canção da noite será ‘St-Thomas’, uma música do saxofonista americano Sonny Rollins, com o arranjo de samba de Marck Taylor, uma linguagem que a AJB conhece muito bem.

O terceiro número será ‘Balada Pro Gil’, uma linda balada composta pelo nosso grande guitarrista de Kim Freitas. O quarto número vamos fazer ‘The blues machine’. Como em todos os shows da Amazônia Jazz Band o blues não pode faltar e este é um lindo blues que foi composto por Sammy Nestico, com solo do naipe de saxofones.

O quinto número vai ser ‘Nutville’, de Horace Silver e arranjo de Greg Hopkins, que promete encantar o público, pois tem uma mudança de swing para a música Latina muito interessante, com diversos improvisadores que já é uma característica da Amazônia Jazz Band.



De acordo com o maestro Eduardo Lima, a sexta, sétima e oitava música serão em homenagem ao bicentenário da Independência do Brasil. O ‘Uirapurú’ do grande Waldemar Henrique e arranjo de Daniel Apollaro. Na sequência temos ‘Minha Terra’, também de Waldemar Henrique, com arranjo do maestro Tynnoco Costa e para fechar a homenagem em grande estilo, um clássico de Ary Barroso ‘Aquarela do Brasil’.

“Como último número teremos ‘Mambo Caliente’, um mambo do trompetista mundialmente conhecido Arturo Sandoval, esquentando a noite com muito ritmo, alegria, improvisação e competência desses grandes músicos maravilhosos”, explicou.


Eduardo Lima

Eduardo Lima, paraense, define a música como sua vida. Neto de trompetista, a música sempre esteve presente em seu lar. Aos 11 anos de idade, seus pais, percebendo o interesse pela música, convidaram um saxofonista para mostrar ao filho o quão fascinante era aquele instrumento musical. Ali começou sua história com a música. Logo iniciou os estudos no saxofone com os professores Paulo Levy e Jesus Martins. Posteriormente, ingressou na ‘Banda Jovem’ do Conservatório Carlos Gomes, ali aprimorando a prática musical em grupo.

Em 2001 tornou-se Bacharel em Educação Artística - Habilitação em Música, pela Universidade do Estado do Pará. Por 12 anos foi Regente Titular da Banda de Música


da Guarda Municipal de Belém, tendo exercido, também, a função de professor substituto de saxofone na Escola de Música da Universidade Federal do Pará, realizando à docência na educação básica e profissional, além da participação em projeto de interiorização ministrando Cursos Técnicos de Instrumentista de Orquestra e de Instrumentista de Banda em Municípios paraenses.

É integrante da Amazônia Jazz Band (AJB) como saxofonista e flautista há 24 anos, tendo também exercido nos últimos 5 anos a função de Maestro-Auxiliar da AJB.

Ao longo dos 28 anos de carreira gravou CD solo intitulado ‘Sopros da Amazônia’,trazendo ao cenário da música instrumental diversos clássicos da música popular paraense, além de participação em shows e gravação de CD’s e DVD’s de diversos

artistas.


Programa

ZARATHUSTREVISITED (2002)

Richard Strauss

(Arr. Dale Devoe)

ST-THOMAS

Sonny Rollins

(Arr. Marck Taylor)

BALADA PRO GIL

Kim Freitas

THE BLUES MACHINE

Sammy Nestico

NUTVILLE

Horace Silver

(Arr. Greg Hopkins)

UIRAPURÚ

Waldemar Henrique

(Arr. Daniel Apollaro)

MINHA TERRA

Waldemar Henrique

(Arr. Tynnoco Costa)

AQUARELA DO BRASIL

Ary Barroso

(Arr./Adapt. Ray Conniff/Jorge Nobre)

MAMBO CALIENTE

Arturo Sandoval

Serviço:


O concerto da Amazônia Jazz band, acontece no dia 17 de agosto, às 20h, no Theatro

da Paz. Os ingressos serão disponibilizados no dia do evento, a partir das 9h, na

bilheteria do TP e custarão R$2,00 (dois reais), duas unidades por pessoa/CPF e

pelo site www.ticketfacil.com.br.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square