top of page

Arraial de Nazaré abre ao público nesta sexta, dia 29

Nesta sexta, dia 29, o tradicional Arraial de Nazaré, montado no estacionamento da Basílica, abre ao público a partir das 16h. Este ano são mais de 100 permissionários e em torno de 70 barracas vendendo os mais diversos itens, entre comidas, artesanatos, artigos religiosos, brinquedos, miriti, bijuterias, entre outros, com apoio do Sebrae, e o parque ITA completo, com todos os brinquedos que normalmente estão presentes, entre eles autopista, booster, crazy dance, Evolution, Kataclisma, king loop, free style, trenó fantasma, roda panorâmica, montanha-russa e os brinquedos infantis, como carrossel.

Em 32 anos, esta será a 30º vez que o parque ITA participa do Círio de Nazaré. “Os únicos momentos que não tivemos a montagem do parque foi durante a pandemia, em 2020 e 2021. Nossas expectativas são as melhores possíveis. A meta é superar o público do ano passado, e não apenas na quinzena oficial do Círio. Para isso estamos trazendo novidades importantes, como é o caso da Praça Ecológica, um espaço de convivência no interior da feira, onde pretendemos realizar pequenos eventos e apresentar pequenos shows musicais. Além da programação normal, estamos planejando algumas surpresas na própria área do arraial, as quais serão oportunamente divulgadas", conta o diretor de arraial e arrecadação, Albano Martins.



O parque vai funcionar, durante o período fora da quadra nazarena, de 16 às 22h, de segunda a quinta, e de 16 às 22h30, na sexta, sábado e domingo. E durante a quadra nazarena, de 8 a 22 de outubro, o horário será de 16 às 23h. O arraial permanece funcionando até 26 de novembro.

História

O Arraial de Nazaré é uma tradição que começou na primeira edição do Círio de Nazaré, em 1793. Na época, consistiu em uma grande feira de produtos agrícolas. O Arraial começou a ser chamado desta forma em virtude da construção das casas em volta da ermida de Plácido após o achado da imagem, aproveitando-se do grande fluxo de peregrinos que passou a ocorrer desde então. As primeiras festas de Nazaré eram realizadas no mês de setembro, época do verão amazônico, quando a intensidade de chuvas diminui. Para a realização do primeiro Círio, o governador organizou uma grande feira de produtos agrícolas vindos de diversos municípios, até mesmo providenciando transporte de pessoas e mercadorias pelos rios de lugares distantes de Belém.

Segundo pesquisadores e historiadores, no início era realizado em frente à Basílica, onde hoje está situada a Praça Santuário de Nazaré, antes chamada de Conjunto Arquitetônico de Nazaré (CAN). No entanto, com o passar do tempo, mudou de lugar e se aprimorou. Passou a ser formado por uma série de brinquedos direcionados para o divertimento dos fiéis, bem como por várias barracas de venda de artesanato, comidas típicas e outros produtos industrializados.

No entanto, o funcionamento do arraial nazareno no século XIX não se resumia à mera exposição e venda de “produtos regionais”. Além das barracas fixas, a movimentação do público era acompanhada pelo comércio ambulante, por jogos, pelas danças coletivas negras, indígenas (lundum, chorado, cateretê, dança do bagre, mandu-sarará e bambiá) e europeias (dança das saloias e dança das camponesas), pelas apresentações musicais (normalmente apresentações de bandas) e teatrais.


O Círio 2023

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Até o momento, a Festa de Nazaré tem como patrocinadores master Instituto Cultural Vale, Banpará e Prefeitura Municipal de Ananindeua. Os patrocínios de Alubar, Assaí Atacadista, Belém Bioenergia Brasil, Belágua, Cresol Cooperativa de Crédito, Econômico Comércio de Alimentos, Equatorial Energia, Esamaz, GAV Resorts, Gráfica Miriti, Grupo Mônaco, Guamá Resíduos, Hotel Grand Mercure, Hydro, Hospital Cynthia Charone, Hospital Porto Dias, Ita Center Park, Magalu, Oncológica do Brasil, Reinafarma, Sebrae, Tramontina e Unimed. Como apoiadores master ALEPA, Alucar, CN Produções, Jefferson e O Boticário. E mais 72 apoiadores.

Foto: Ascom Basílica Santuário de Nazaré

Comments


bottom of page