Bateria de escola de samba do distrito de Icoaraci realiza show nesta sexta (4)


O projeto Sementes do Samba, contemplado com o prêmio “Preamar de Cultura e Arte” através da lei Aldir Blanc, após um mês de aulas, tem por finalizada a oficina de percussão de bateria de escola de samba, promovida pelo mestre de bateria Murilo Pantoja e pela escola de Samba Unidos da Baixada, que tem sede no distrito de Icoaraci.


Realizado na intenção de envolver e conscientizar a comunidade, principalmente crianças e adolescentes, de forma lúdica sobre o samba, que é patrimônio da cultura brasileira, a oficina teve um número significativo de inscritos entre todas as idades.


A oficina teve por objetivo dar a oportunidade de introdução ao ensino da música através da percussão de bateria de escola de samba, onde foi ensinado um pouco sobre a história do samba no Brasil e, posteriormente, ocorreram e aulas práticas no instrumento escolhido pelos alunos no ato da inscrição. A escola de samba disponibilizou tudo de forma gratuita, inclusive ensinou a como montar o instrumento utilizado.



Para Murilo, o projeto visa prioritariamente em dar uma ocupação para as crianças e jovens do bairro, a fim de preencher o tempo ocioso: “O projeto tem como prioridade tirar as crianças da rua, e dar a elas um melhor conhecimento cultural e também de inicia-las no processo musical” – declara.


Os projetos sociais na escola de samba ocorrem todos os anos. Estiveram parados por dois anos por conta da pandemia de Covid-19, mas retornaram no ano de 2022, visando continuar pelos próximos anos.


A escola de samba Unidos da Baixada é oriunda de Icoaraci. Foi fundada primeiramente como um bloco carnavalesco, e em 1997 passou a fazer parte da categoria de escolas de samba. Já foi campeã 22 vezes no carnaval, entre Belém e Icoaraci. A escola oferece cursos e oficinas para a comunidade.


Esta oficina foi ministrada pelo mestre de bateria Murilo Pantoja, que é músico multi-instrumentista, já tendo atuado em grupos de samba de expressão em Belém. Consagrou-se campeão nas escolas de samba do grupo especial "Rancho Carnavalesco Não Posso me Amofiná" por 2 anos consecutivos e pela "Boêmios da Vila Famosa" por 5 vezes, além de ter feito parte de várias outras escolas de samba.



Também atua como mestre oficineiro de percussão em programas de formação de músicos percussionistas nas escolas de samba. Acompanhou, como músico percussionista, cantores e sambistas de destacada atuação no cenário musical regional e nacional como: Dominguinhos do Estácio, Mestre Verequete, entre outros. É músico percussionista e diretor musical do "Balé Folclórico da Amazônia" desde 1998 até os dias atuais. Através dessa companhia, participou de diversos eventos e festivais regionais, nacionais e internacionais.


Nesta sexta-feira, os alunos irão pôr em prática o que foi aprendido durante a oficina através de um show promovido pela escola de samba e receberão um certificado digital da oficina.




SERVIÇO


Apresentação da turma de percussão de bateria de escola de samba.


Local: Escola de Samba Unidos da Baixada (Rua Manoel Barata, 1692. – Icoaraci).


Data: 04/11/22


Horário: 19:00


ENTRADA GRATUITA


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square