top of page

Circuito Cultural Mapping no Caeté reverencia história e tradição de Bragança


Oficinas, apresentações culturais gratuitas e exposição de trabalhos artísticos em videomapping serão apresentados nos dias 20, 21 e 22 de Outubro deste ano. Esta é a síntese da segunda edição do projeto "Circuito Cultural Mapping no Caeté", aprovado no Prêmio FCP de incentivo à Arte e Cultura, pela Fundação Cultural do Estado do Pará. O Circuito tem como objetivo fomentar a arte tecnológica do videomapping e simultaneamente valorizar a riqueza cultural, natural, visual, musical, e sobretudo arquitetônica de uma das cidades mais antigas da Amazônia que conserva verdadeiras jóias e testemunhas da história do povo bragantino.



Nesta edição as produções de videomapping serão conduzidas artisticamente pelos VJ’s Kauê Lima e Kauê Bentes que preparam conteúdos em correalização com outros artistas paraenses sobre as temáticas ancestralidade, meio ambiente, história e cultura. Tudo isso projetado na fachada e na área interna do Teatro do “Liceu de música”, uma das joias arquitetônicas conservadas pela população bragantina. A coordenadora do Festival Raissa Reis destaca a estratégia de inserir a música e outras manifestações artísticas durante o festival como uma estratégia de consumo dessa forma de expressão artística ainda pouco difundida na região bragantina e do salgado. “Bragança é uma cidade que possui uma riqueza artística, resultado de mais de 400 anos e há muito prédios que precisam ser conversados, pois eles contam nossa história e preservam nossa cultura. A nossa iniciativa é uma tentativa de democratizar a Arte e Cultura no interior do estado, além de discutir temáticas importantes na atualidade e dar função aos espaços públicos, e nos aproximar do público jovem que é a próxima geração responsável por conservar essa riqueza coletiva”, argumenta ela.



Programação

A programação será constituída por apresentações culturais da região que irão interagir com imagens projetadas, exposição de artes em fotografia, vídeo arte, stop motion, ilustrações, animações, gifs, colagens. Aqueles que pretendem iniciar na arte de videomapping haverá uma chamada aberta para inscrições de trabalhos artísticos, e também terá uma oficina de introdução ao tema aberta ao público em geral que serão incorporadas a exposição do circuito.

bottom of page