Dand M. apresenta “Preciso Cantar” em pocket show nesta quinta (25)

Há quase dois anos fora do circuito presencial, Dand M. apresenta, nesta quinta-feira, 25, no Quiosque do Horto, a partir das 20h, um pocket show de lançamento do seu primeiro álbum, intitulado “Preciso Cantar’, realizado com apoio do edital de Música da Secult-Pa, via Lei Aldir Blanc. A apresentação conta com a participação do violonista Rafael Guerreiro, que assina a direção musical do álbum, e do baterista e percusionista Carlos Canhão Brito, produtor musical do trabalho. Na ocasião, o também poeta autografa o seu livro mais recente, “Poezia Graal ou 33 doses de vinho”. A entrada é franca e a noite promete.

A primeira veia artística de Dand M. é a poesia. Foi através dela que ele também se voltou de forma profissional à música e, depois de quatro livros lançados e alguns prêmios na trajetória, também começou a compor letras e a estabelecer inúmeras parcerias no meio musical de Belém. Em “Precio Cantar”, o primeiro álbum de sua carreira, ele reafirma e faz novas parcerias.



A primeira música foi feita com Pedrinho callado, a partir de um poema, “Sábios", que uma das faixas do álbum Preciso Cantar. “Canal do Galo”, parceria com Paulo Lobo, já gravada por Pedro Vianna também entrou no disco, assim como “Café Pequeno”, feita com Felipe Cordeiro. “Preciso cantar”, música que dá título ao álbum, é uma parceria com Arthur Nogueira, já gravada por ele e Cida Moreira, a quem a canção, inclusive, é dedicada.

Após a apresentação ao vivo, Dand M. convida a todos para fazer a audição do disco, que possui 8 músicas, sendo cinco inéditas: “Sábios”, “Cavalo de Cazuza” e “Sons do Mundo”, ambas compostas em parceria com Vinícius Leite; “Meu Novo Normal”, feita este ano em parceria com Rafael Guerreiro; e “Pra quem Gosta”, única música em que Dand M. assina sozinho a autoria, contando com os arranjos do grupo.

Gravaram no disco também, o Cláudio Darwich no baixo elétrico, acústico e teclado – cuja trajetória vem do rock`n roll puro e punk. A preparação vocal foi de Thalia Sarmanho, que também fez backing vocal e há ainda participação dos músicos Nego Jó – Trombone (Canal do Galo) e Cézar – Cavaco (Canal do Galo / Pra Quem Gosta). A pré-produção do disco foi realizada no Fábrika Studio e a gravação no Studio Z, com mixagem e masterização de Thiago Albuquerque. A produção executiva é de Luciana Medeiros, com fotografia de capa de Cláudio Ferreira e design de Roberta Carvalho.

Para ouvir o disco:

https://www.youtube.com/channel/UCTCKN9Vl66D7a2znyjxs9tQ

https://open.spotify.com/album/6hLeCfsTACfGQi68EupfH9?si=-yaau-0BThaTlB05Z4KPLQ&utm_source=whatsapp

Para ver o Vídeo-Release:

https://www.youtube.com/watch?v=yCCiKcnr6Cs


Serviço

Pocket Show e Audição ‘Preciso Cantar”, com Dand M (voz), Rafael Guyerreiro (violão) e carlos Canhão Brito (percussão). Nesta quinta-feira, 25 de novembro, às 20h, no Quiosque do Horto – Praça Milton Trindade – Mundurucus, entre Dr. Moraes e Quintino. Esse projeto foi realizado por meio de Prêmio do Edital de Música – Lei Aldir Blanc Pará, SECULT, Secretaria Especial de Cultura/Ministério do Turismo e Governo Federal. Mais informações: (91) 98134.7719.


Posts Em Destaque
Posts Recentes