Luê apresenta novas músicas em show no Teatro Gasômetro dia 30

De volta para casa! A cantora Luê retorna aos palcos paraenses com um show no Teatro Estação Gasômetro, na próxima sexta-feira, 30 de setembro. Natural de Belém (PA) e atualmente morando em São Paulo, Luê não se apresenta há três anos em sua terra natal e traz grande expectativa para essa volta ao lugar que a lançou na cena artística. Os ingressos para o show estão à venda no link: https://is.gd/ingressolue.


O espetáculo marca uma nova fase da carreira da artista, marcada por experimentações protagonizadas pelos sons do Norte do Brasil, mas com referências dançantes da música pop, latina e eletrônica, conforme já é possível perceber nas sonoridades das últimas músicas lançadas por Luê: “Virou o Zoínho (VICIEI)” (2019), com participação especial de Mateo Piraces-Ugarte e Luísa Nascim, e “Mais Gostoso Lento” (2020), com Sandro.


"Passei por um momento de bloqueio criativo forte durante a pandemia e demorei um tempinho para destravar e entender o que eu queria dizer em minhas letras, mas sinto que encontrei um caminho e, nesse processo, nasceram várias novas canções que já estou produzindo para o próximo álbum. Estou muito animada com o que tenho para apresentar nesse show, porque sinto que esse é o momento em que eu mais estou apropriada do meu trabalho, estou curtindo muito as músicas novas e meu objetivo mesmo é compartilhar com as pessoas o que eu tenho sentido e o que estou querendo falar", conta Luê.


Acompanhada de Renata Beckmann na guitarra, Camila Barbalho no baixo e Márcio Jardim na percussão, Luê comanda voz e rabeca no show, que será realizado em formato semi acústico. A performance também contará com participações especiais. O repertório inclui canções já conhecidas pelo público, com músicas dos álbuns “A Fim de Onda” (2013) e “Ponto de Mira” (2017), mas também composições novas, que serão apresentadas pela primeira vez no palco da Estação Gasômetro.


"Vai ser uma oportunidade legal de apresentar um pouco de quem é a Luê que está vindo aí nessa terceira temporada da carreira. Gosto de testar ao vivo as músicas novas antes de lançar para sentir a temperatura delas junto com as pessoas. Algumas dessas canções eu já toquei em apresentações em São Paulo, mas muitas vou fazer a estreia no palco de Belém”, adianta a cantora.


Perguntada se o tempo de carreira tira o nervosismo na hora de apresentar novas músicas, Luê diz que não, mas que está pronta para ser surpreendida.


“Estou animada e, também, ansiosa para este show. Nesse momento que estou entrando, artisticamente falando, estou mergulhando muito mais na sonoridade amazônica, algo que sempre esteve à minha volta muito por influência do Arraial do Pavulagem, que é minha escola de música, para além de conservatórios clássicos, foi ali no popular e regional onde nasci e cresci. É de lá que vem minhas primeiras referências musicais", conta. “Então não tem lugar melhor pra fazer esse show do que a minha ‘casa’, a minha cidade”, finaliza.


Sobre Luê

Com formação clássica em violino, Luê integrou a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da Universidade Federal do Pará. Paralelo a isso, sempre dialogou com a música regional, por influência familiar: Luê é filha de Júnior Soares, um dos fundadores do Arraial do Pavulagem. Não por acaso, foi na tradicional Marujada de São Benedito, em Bragança, no nordeste paraense, que Luê teve o seu primeiro contato com a rabeca, instrumento que se tornou a marca registrada de suas apresentações.



Seu primeiro disco “A Fim de Onda” (2013), foi saudado pelo jornalista Mauro Ferreira como “um dos melhores discos brasileiros do primeiro bimestre de 2013” e circulou pelo Circuito Sesc e Virada Cultural de São Paulo. Em 2017, Luê lançou seu segundo disco “Ponto de Mira”, também patrocinado pela Natura Musical.


Em 2019, iniciou nova fase com singles mais dançantes e energéticos como “Virou o Zoinho (VICIEI)” e “Mais Gostoso Lento”, ambas com produção musical de Mateo, integrante da banda Francisco, el hombre. Luê ainda colaborou com artistas como Luísa e os Alquimistas, Josyara, Arnaldo Antunes, Curumim, Giovanni Cidreira, Serena Assumpção, Jards Macalé, o canadense-haitiano Vox Sambou, entre outros.


Serviço - Luê Ao Vivo

Data: 30/09

Local: Teatro Gasômetro

Horário: 20h

Ingressos: https://is.gd/ingressolue

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square