Desfile de Silvério Brand teve Pedro Scooby, Bianca Dellafancy e Fellipe Escudero no SPFW

O verbo desidero vem da palavra sidero, que significa “relativo aos astros”, ou também “conjunto de estrelas” (ex: espaço sideral). Sendo assim, de-sidero significa “ignorar as estrelas”, ou também, “deixar de ver as estrelas”, em seu sentido astrológico. Se as estrelas na antiguidade eram o elo de ligação entre os homens e os deuses, então desejar significa ficar à deriva, à mercê, nas rodas da fortuna, deixar de guiar-se pelas mensagens divinas

A Delírio é o resultado de estudos sobre a supressão de desejos dentro de período de reclusão pandêmica em auge de contaminação por Covid-19, a Silvério propõe torção em espiral a fim de discutir perspectivas do querer.


Em busca de entender esses pulsos e as manifestações dessas vontades, a coleção se debruça e expõe um lado mais sensual buscando referências que misturam shapes dos anos 50, ainda refletindo a década de ouro, no qual se vivia uma ascensão da publicidade pós anos de recessão mediante ao fim da Segunda grande Guerra Mundial, abordagem minimalista e urbana dos anos 90, sempre usando a técnica de viés como ponto de partida. O verão vem sóbrio com cores sóbrias com pontos de cor em azul, mostarda e laranjada, sem abrir mão do preto tão evidente na marca, e o magenta como assinatura nos acabamentos internos.

Destaque para as modelagens espiraladas dentro das alfaiatarias que criam tensões em peças cortadas em godês. As bases são em crepes, sarjas, algodões penteados e malhas apoiados pela Texprima e Vicunha.


O Styling assinado por Henrique Sca, com consultoria criativa de Yan Acioli que pontuam a imagem de moda, adicionando uma camada de mistério brincando com a nossa percepção de gênero em sobreposições que fazem um zigue-zague em extremos, ora ajustados e em outros momentos agigantados, as meias Lupo arrematam os calçados Melissa, que trazem um inflexão contemporânea para a revisitação da idade de ouro.


O grafismo continua presente na maquiagem assinada por Katia Araújo da MAC, e o cabelo com ar de anos 2000 assinado por Bruna Hakstol do Salão CKamura


A trilha Sonora, é por conta de Leonardo Marques, produtor e sócio da Ekord que nos conduz a uma experiência de aos sons que remetem ao bolero, somado a latinidade do jazz sul americano, trazendo uma sensualidade sutil e lasciva que vai sendo revisitada com uma embalagem mais pop.


silveriobrand

projetosankofa_

FOTOS - AGENCIA FOTOSITE @agfotosite

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square