Dilsinho e Sorriso Maroto lançam álbum com 13 canções inéditas

Dilsinho e Sorriso Maroto compartilham com os fãs na última quinta-feira (20), às 21h, o álbum “JUNTOS”, projeto com 13 canções inéditas, cada uma com um videoclipe a ser lançado ao longo do primeiro trimestre de 2022. A parceria surgiu da admiração mútua entre os artistas. “Eles fazem parte da minha história e hoje escrevemos mais um capítulo “JUNTOS”, declara Dilsinho, ao que Bruno Cardoso, vocalista do Sorriso Maroto, completa: “Tirar esse projeto do papel é a realização de um sonho. Eu, enquanto artista, e fã da música, que o Dilsinho faz, me sinto muito privilegiado por fazer parte de algo com tanto significado para ambos”.

O Sorriso Maroto representa da melhor forma o pagode romântico nacional e Dilsinho é o rosto da nova geração. “JUNTOS” é justamente a união dessas duas forças.


Não é a primeira vez que os caminhos dos artistas se unem: as músicas “Pouco a Pouco” e “50 vezes” já deram um gostinho do potencial dessa parceria. E os encontros também são de longa data, já que Bruno Cardoso trabalha na produção desde o primeiro disco do intérprete de “Péssimo Negócio”: “Ter produzido lá atrás o primeiro disco do Dilsinho, seguir com ele e, hoje, ver onde ele chegou traz um orgulho imenso para mim”, comenta Bruno.

O álbum é composto por doze faixas e uma música bônus a ser lançada em março. Todas serão acompanhadas por videoclipes, compartilhados ao longo do primeiro trimestre de 2022 nos canais do YouTube do Dilsinho e do Sorriso Maroto. A produção musical de “JUNTOS” é assinada por Dilsinho, Bruno Cardoso, Sérgio Jr. e Lelê. O audiovisual do projeto tem a assinatura de Fernando Trevisan Catatau, que já dirigiu Luan Santana, Michel Teló, Chitãozinho & Xororó, Fernando & Sorocaba e outros.

“Mensagem Apagada”, carro-chefe do novo disco, trata de dois temas que Dilsinho e Sorriso Maroto já são verdadeiros especialistas: o amor e a saudade. “Mensagem apagada / Mandei na hora errada / Me arrependi / Eu te acordei / Saudade não passa”, dizem versos, assinados por Dilsinho, Bruno Cardoso, Sérgio Jr. e Lelê.

A canção reflete a dinâmica dos relacionamentos nos dias atuais, com o uso frequente dos dispositivos eletrônicos como locais de apoio e, muitas vezes, confidências. “A troca de mensagens acaba sendo uma grande companheira nossa para momentos bons e ruins. Ela gera um turbilhão de emoções e expectativas dentro da gente”, adianta a turma do Sorriso Maroto. Os fãs também já podem ficar ainda mais animados porque o videoclipe não demorará a chegar.

Dilsinho finalizou recentemente a divulgação de seu álbum “Garrafas e Bocas”, que contou com quatro partes, documentário, ações sociais para o auxílio de bares na pandemia e turnê pelo Brasil - com shows ainda em andamento. O cantor vive uma excelente fase: ganhou da gravadora Sony, em dezembro de 2021, uma placa comemorativa de 6 bilhões de streams. O Sorriso Maroto, por sua vez, também tem muitos motivos para celebrar: lançaram em 2020 o projeto “A.M.A. (Ao Vivo)” - que tem CD e DVD -, com o qual também estão em turnê. O álbum alcançou o marco superior a 100 milhões de ouvintes nas plataformas digitais de áudio e vídeo. E coleciona certificações: Álbum de Ouro por 40 mil cópias vendidas, Single de Ouro por “Eu Topo” por 70 mil cópias vendidas e Single de Ouro e Platina por “100 Likes” por 90 mil cópias vendidas.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square