Elenco de ‘Travessia’ grava no Maranhão, estado onde começa a trama

Durante as últimas quatro semanas, os cartões postais do Maranhão serviram de cenário para as gravações de ‘Travessia’, próxima novela das nove, prevista para estrear em outubro. Um time formado por mais de 120 profissionais esteve durante 20 dias na ilha do amor, gravando e mergulhando na cultura local. Ao todo, foram mais de 30 locações para as gravações da trama, que aconteceram não só pelas ruas de São Luís e no Centro Histórico da capital, mas também nos Lençóis Maranhenses e na praia de Atins.

Além dos protagonistas Lucy Alves, Chay Suede e Romulo Estrela, também filmaram por lá os atores Marcos Caruso, Drica Moraes, Priscilla Vilela, Camila Rocha, João Bravo e Mariah Yohana. Gravar no estado já era um desejo antigo de Gloria Perez. “Sempre tive muita curiosidade pelo Maranhão. É um estado que tem uma cultura muito própria, muita personalidade, até pela sua própria formação: começa com uma ocupação francesa, depois vêm os holandeses e depois é que chegam os portugueses. Além disso têm ali os indígenas, os africanos e toda essa mistura resulta em um caldo cultural muito rico, que se expressa através do folclore, da arte, da música, da dança”, conta a autora.

Fotos: Divulgação/ TV Globo


Essa riqueza cultural também estará na novela, sobretudo, através da personagem Brisa (Lucy Alves), uma mulher batalhadora, forte e cheia de atitude. Brisa não tem medo do trabalho. Lava, passa, costura. E dança. A personagem faz parte de grupos de Bumba Meu Boi e Tambor de Crioula. A atriz que a interpreta, natural de João Pessoa, conta que desde muito jovem tem uma forte ligação com a cultura popular nordestina. “Mas aqui no Maranhão é diferente, é uma cultura que exige muita pesquisa. O Boi, por exemplo, tem vários ritmos, diferentes sotaques”, diz.

Lucy conta que, até o início do trabalho, não conhecia tão de perto o Boi e o Tambor de Crioula, mas está feliz com a responsabilidade de exaltar essas manifestações artísticas e tem se aprofundado cada vez mais na cultura local. “Sou paraibana, mas o Maranhão é muito peculiar, tem uma coisa só dele. Estou tendo muito cuidado para entender toda essa musicalidade que estamos levando para a personagem”, adianta. Ela diz ainda que está muito animada em protagonizar uma heroína de Gloria Perez: “Gloria é uma autora que sempre traz assuntos muito pertinentes para nossa sociedade. É uma responsabilidade muito bonita, que estou amando, e ainda começando pelo Maranhão, uma terra que eu já conhecia um pouco, mas que agora estou tendo a oportunidade de mergulhar profundamente na cultura”.



Natural de São Luís, Romulo Estrela comemora a oportunidade de, pela primeira vez, filmar em sua cidade natal. “Nunca tinha vindo a São Luís gravando uma novela. Estou muito feliz de estar aqui fazendo o trabalho que amo, para o qual estudei muito. Voltar gravando uma novela das nove, com toda essa equipe, me deixa muito contente. Além de estar sendo muito bem recebido, estou ligado às minhas raízes. Me sinto realizado”, vibra o ator.

Como começa essa história

‘Travessia’ começa com uma deep fake (inteligência artificial usada para fazer montagens substituindo rostos e vozes em vídeos realistas) produzida aleatoriamente e divulgada nas redes sociais por um grupo de jovens, em Portugal. Do outro lado do mundo, no Maranhão, essa ação impacta e transforma radicalmente a vida de Brisa (Lucy Alves). Uma montagem de brincadeira, mas extremamente prejudicial, que fará a protagonista percorrer uma complexa jornada para recuperar sua identidade e ter sua vida de volta.

Nascida e criada no interior do Maranhão, Brisa é uma mulher aguerrida, vivaz e cheia de atitude. Desde a adolescência, ela namora Ari (Chay Suede), filho de dona Núbia (Drica Moraes), comerciante local. Quando a história começa a ser contada, Brisa e Ari estão de casamento marcado. Ele é um rapaz inteligente, idealista, crítico ferrenho do mau uso do poder. Às vésperas da data do casório, ele recebe um convite para ir ao Rio de Janeiro, onde poderá angariar provas contra a demolição de um casarão histórico para a construção de um moderno shopping center em São Luís e rever seu grande mentor, Dante (Marcos Caruso), que o orientou desde muito jovem e o considera como um sucessor na luta pela preservação do patrimônio histórico maranhense.


Brisa aceita que o casamento seja adiado e o “namorido” embarca para o Rio de Janeiro. Ela o ajuda e o incentiva. Mas, com o passar dos dias, percebe que Ari está mudando. Se preocupa, acha que ele está passando por alguma necessidade e não está contando para ela. Decide ir atrás do amado e, no dia de pegar o ônibus com destino ao Rio, vê sua vida virar de cabeça para baixo. “Brisa é uma personagem muito solar, uma nordestina batalhadora, que se vira por seu amor e pela sua família. Uma mulher com muito amor para dar, mas que vai sofrer uma grande reviravolta em sua vida por causa de uma deep fake. A partir daí ela vai ter que recuperar sua identidade”, conta Lucy Alves.

É nesse dia que o destino de Brisa cruza com o de Oto (Romulo Estrela), um hacker, sem endereço fixo, meio nômade. “Ele vem em uma missão secreta para São Luís e acaba cruzando com Brisa. Oto é um sujeito que não chama muita atenção por onde passa, e essa é uma característica muito legal nele e que pela primeira vez eu faço: é quase como um homem invisível”, adianta o ator.

Marca da autora Gloria Perez, ‘Travessia’ é um folhetim clássico que traz dramas humanos, encontros, desencontros, amores, decepção, ambição e o debate sobre limites éticos e morais. Agora, a trama se desenrola em um mundo que ainda aprende a lidar com o ônus e o bônus trazidos pela internet. “É uma prática antiquíssima, da fofoca e da intriga, que existe desde que o mundo é mundo, e que sempre pôde destruir a vida de alguém. Só que, agora, ela não se restringe ao interior de uma casa, uma rua ou cidade, mas se espalha pelo mundo em questão de segundos. Brisa passará por perrengues, sim, mas levantará. Lindamente. Mas como se pode dizer que alguém é forte se ela não conseguir se levantar? É por isso que a gente pode dizer que ela é forte, de personalidade e de atitude”, entrega a autora.


No elenco de ‘Travessia’ estão ainda Cassia Kis, Rodrigo Lombardi, Humberto Martins, Jade Picon, Giovanna Antonelli, Luci Pereira, Alexandre Nero, Alessandra Negrini, Vanessa Giácomo, Ailton Graça, Dandara Mariana, Bel Kutner, Indira Nascimento, Yohama Eshima, Duda Santos, entre outros.

‘Travessia’ é criada e escrita por Gloria Perez, com direção artística de Mauro Mendonça Filho, direção de Walter Carvalho, Andre Barros, Mariana Richard e Caio Campos. A produção é de Claudio Dager e Tatiana Poggi; e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square