top of page

Escola de Música da UFPA lança produtos culturais sobre a vida e obra do maestro Altino Pimenta

“Tenho um profundo sentimento amazônico, brasileiro. Minha música é popular e erudita. Eu estou sempre tentando caminhar em frente”, assim definiu sua obra, o compositor Altino Pimenta, em uma das faixas de um LP, gravado em 1992. Altino Rosauro Salazar Pimenta (1921-2003), também pianista e professor dedicou uma vida inteira à arte musical e se consagrou como um dos grandes compositores da história da música no estado do Pará. Sua vida e obra têm recebido a atenção da Escola de Música da Universidade Federal do Pará (EMUFPA), que pretende divulgar a trajetória artística do maestro através de diversas publicações. Para marcar o lançamento desta etapa do projeto será realizado um concerto em comemoração ao centenário do homenageado, na próxima segunda-feira (04), às 19:30, no Teatro do SESI, com entrada gratuita.



Entre os artistas que vão se apresentar no concerto na próxima segunda-feira, interpretando as obras do maestro Altino Pimenta, estão Luiz Pardal, Dione Colares, Leonardo Souza, Alexandre Contente, Adriana Azulay, Milton Monte, Antônio Wilson, João Castro, Nazaré Pinheiro, Rômulo Queiroz, Líliam Barros, Gabriella Affonso, Jonathan Miranda e Cristian Brandão, Thais Carneiro e Agostinho Fonseca.


“Maestro Altino Pimenta: vida e obra - centenário”, ou simplesmente “Altino Pimenta: centenário”, é o nome do projeto de extensão da EMUFPA que será responsável por publicar álbuns de áudio, um produto audiovisual, quatro livros de partituras, um catálogo com a obra musical do artista paraense, e o website do compositor, “todos esses produtos ficarão disponíveis gratuitamente ao público. Os álbuns de áudio e de partituras abrangerão a inteireza da obra do compositor, trazendo material nunca antes publicado”, afirma o coordenador do projeto professor Dr. Rômulo Queiroz, da EMUFPA.



Rômulo Queiroz era um jovem estudante quando avistava pelos jardins do antigo casarão, onde fora a sede da EMUFPA, o professor Altino Pimenta. Anos mais tarde, já professor de piano e pesquisador da instituição, passou a coordenar dois projetos que estudam a obra do maestro, o de pesquisa: “Música em edição à obra de Altino” e o de extensão: “Maestro Altino Pimenta: vida e obra - centenário”.


O professor Rômulo contou que no projeto do centenário participam cerca de 25 intérpretes e que “muitos desses intérpretes conheceram o Professor Altino ou receberam forte influência dele feito eu, por exemplo”. explica o professor que chegou a tocar na presença do maestro.


Altino Pimenta: músicas para piano, vol. 1, é o nome do primeiro álbum que será lançado com 13 faixas, “o próximo volume vai ser lançado com mais faixas ainda. O Altino era pianista, então a obra dele, de certo modo, é toda pianística, tem a parte solo do piano, e tem um momento que ele pega essa música solística e desdobra, fazendo um arranjo para outro instrumento, e assim vai compondo o que a gente chama de música de câmara, também há as canções, sempre acompanhadas ao piano” explica o professor Rômulo.


50º Encontro de Arte de Belém (ENARTE)


O concerto em alusão ao centenário do maestro, integra o 50º Encontro de Arte de Belém (ENARTE) da EMUFPA. Um evento que foi idealizado e criado pelo Professor Altino Pimenta. A primeira edição ocorreu em 1974. “A finalidade do evento, de acordo com a visão dinâmica do professor Altino, era e a de viabilizar uma amostra da produção artística da UFPA ao público de Belém”, explica Carlos Pires, o diretor geral da escola de música da UFPA.



A ideia da mostra surgiu na época do Círio, quando as manifestações culturais nessa época não eram tão comuns, depois se deslocou para o mês de dezembro por necessidades de agenda. “A ideia deste projeto é exatamente a de celebrar toda a importância que o professor tinha, teve e tem, pra Escola de Música. Aqui na Escola, praticamente existe um antes e depois do Altino. Foi ele o grande responsável por formar a identidade que a Escola tem até hoje”, finaliza o diretor da EMUFPA.


O projeto contou com incentivo do Governo Federal, via Ministério da Educação, por meio da emenda parlamentar do então deputado federal Edmilson Rodrigues.


Serviço:

Concerto em Homenagem ao Centenário de Altino Pimenta.

Quando: Segunda-feira, 4 de Dezembro, às 19h30.

Onde: Teatro do SESI - PA - Av. Almirante Barroso, 2540 (Entrada pela Dr. Freitas), Belém - Pará.

Entrada franca. Retirada de ingressos na bilheteria do Teatro ou pelo portal Sympla Bileto:


Onde acessar os conteúdos:

@emufpa

bottom of page