top of page

Fafá de Belém, Dira Paes e Dona Onete debatem sobre a Biodiversidade

Na última quarta-feira, 4 de outubro, aconteceu em Belém do Pará a primeira edição da Varanda da Amazônia, fórum inédito com diversos painéis que tem o objetivo de discutir a biodiversidade amazônica, abordando seus desafios e oportunidades por meio de uma variedade de perspectivas. Idealizado pela cantora e artista paraense Fafá de Belém, o evento faz parte da programação da Varanda de Nazaré 2023 e contou com a participação da atriz e apresentadora Dira Paes, a poetisa paraense Dona Onete, Joanna Martins, Diretora na Manioca e especialista em alimentos amazônicos. Além de Eugênio Pantoja, Diretor de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do IPAM, Rubens Magno Jr, Superintendente do Sebrae Pará, Anna Carolina Meireles, ESG | Sustainability & CSR Senior Manager at TIM Brasil, Patricia Daros, Diretora de Soluções Baseadas na Natureza Vale, e muitos outros nomes conceituados do segmento para discutir valores, pluralidade, cultura, meio ambiente e diversidade.

"O Fórum veio complementar uma lacuna que hoje é imprescindível em qualquer assunto que diz respeito à Amazônia, que é a inclusão dos amazônidas nas decisões legislativas, executivas e judiciárias do nosso povo, assim como nas ações sociais.

E nós, e os estudiosos que aqui habitam, os professores, os cientistas, os dirigentes, os empresários, eu acho que é o momento de haver uma união completa pra gente, de fato. Como no Círio de Nazaré, onde estamos dando as mãos. A gente dá as mãos em torno de um Pará do futuro, um Pará com um olhar, que entra dentro do mercado econômico, com a força que ele tem, e pra que a gente chegue na COP 30 com um olhar horizontal pra quem a gente vai estar recebendo e não achando que essas pessoas que vão vir dizer pra gente quais são as soluções das nossas demandas. Nós somos amazônidas e queremos estar presentes nas decisões sobre a Amazônia, é isso", comenta, Dira Paes


Com Belém sendo eleita como sede da COP 30 em 2025, a cidade assume um papel central nas discussões sobre os desafios que o futuro sustentável do planeta enfrenta, além da transformação na Amazônia Legal em uma região competitiva, integrada e sustentável até 2030, destacando seu compromisso com a preservação da biodiversidade e o desenvolvimento da região.

Comments


bottom of page