top of page

Fafá de Belém e Orquestra Sinfônica homenageiam Belém com concerto gratuito no Theatro da Paz

Na próxima sexta-feira, 12, a capital paraense, Belém, comemora 408 anos de fundação. Para homenagear e celebrar a data, a cantora Fafá de Belém e a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresentam o concerto "A Sinfonia dos Dois Mundos", escrito por Dom Helder Câmara e musicada pelo padre suíço Pierre Kaelin, na década de 1960. A entrada para o espetáculo é gratuita e a distribuição de ingressos ocorre a partir das 9h do dia 12, na bilheteria do Theatro da Paz. A iniciativa tem o patrocínio da Equatorial Pará, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, e  apoio do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Cultura do Pará (Secult) e integra a programação do Preamar Cabano. 



Quem não puder estar presente para acompanhar o concerto, ele será transmitido pelo canal do YouTube da Secult e em um telão que será instalado em frente ao Theatro da Paz. O espetáculo contará com a presença de Fafá de Belém e Atalla Ayan como solistas, sendo mezzo soprano e tenor, respectivamente. O espetáculo traz Diogo Almeida como recitante. A direção e regência é do maestro Miguel Campos Neto. Também participam o Coro do Conservatório Carlos Gomes, regido por Maria Antonia Jiménez; e o Coro Infanto-Juvenil Itacy Silva, com regência de Eduardo Nascimento. 

A "Sinfonia dos Dois Mundos" foi concebida por Dom Hélder para coral e orquestra como forma de persistência na luta pelos direitos humanos. O concerto estreou no exterior devido ao medo da censura da ditadura militar no Brasil. Chegou à América Latina no ano de 1985, com Dom Helder como recitante, sendo executada internacionalmente desde então. "A sinfonia é para todos, simples e tocante como Dom Helder era. É uma reflexão cheia de esperança e possibilidades de renovação através do amor e da fraternidade", afirma Fafá de Belém. 



"Esta obra em particular não foi tocada aqui ainda, o que nos proporciona a emoção da descoberta, a alegria de explorar algo novo. Estou muito feliz por ter a oportunidade de trabalhar com instrutores e solistas. É especial para mim, já que tive a experiência de reger, confesso, com Fafá de Belém no passado, além de outros amigos que também estarão conosco. Acredito que será uma apresentação muito unificada e uma homenagem muito merecida à cidade de Belém", destaca Miguel Campos Neto, regente da OSTP.

João de Deus Lobato, executivo de Comunicação da Equatorial Pará, destaca que o evento é um presente da distribuidora de energia para Belém. "Estar presente nesse momento do aniversário da capital paraense, com um evento como esse, é muito significativo. Acreditamos na democratização da arte e esperamos que o público possa aproveitar esse momento da melhor forma, seja com o ingresso gratuito dentro do Theatro ou acompanhando a transmissão ao vivo através do telão montado na praça da República", afirma João de Deus.

Sobre Dom Hélder - Dom Hélder Pessoa Câmara foi um influente bispo católico em Olinda e Recife. Destacou-se na defesa dos direitos humanos durante a ditadura militar no Brasil, promovendo uma igreja simples e não-violenta voltada para os mais necessitados. Autor de 23 livros traduzidos para 16 idiomas, recebeu 716 títulos de homenagem e 30 títulos de Cidadão Honorário. Indicado quatro vezes ao Prêmio Nobel da Paz, em 2015, foi reconhecido pelo Vaticano como "Servo de Deus", o primeiro passo para a beatificação.


Comments


bottom of page