top of page

Festival Itália Mia terá segunda edição no mês de novembro em Belém

Depois de uma estreia muito bem-sucedida em 2022, o Festival Itália Mia ganha uma

nova edição este ano. O compromisso segue sendo o mesmo: destacar as influências da

cultura italiana no Pará. O evento, promovido pelo Grupo Liberal, será realizado de 03 a 05

de novembro, na Estação das Docas, em Belém. Reunirá elementos da gastronomia, dança,

música, exposições e cinema do país europeu, que é uma das origens da civilização ocidental.

A programação é gratuita e destinada a todos os públicos e faixas etárias.

O Itália Mia representa a conexão do país com o Pará e conta com a chancela da

Embaixada da Itália no Brasil. Vale lembrar que o vice-consulado italiano no estado funciona na

sede do Grupo Liberal, que tem suas raízes italianas originárias em seu fundador, o jornalista

e empreendedor Romulo Maiorana, e como vice-cônsul da Itália no Pará Rosângela Maiorana,

que também é vice-presidente do grupo de comunicação.



“Nesta segunda edição do Itália Mia, estamos com uma grande expectativa,

principalmente em relação ao público. A primeira nos surpreendeu pelo interesse das pessoas

em conhecer um pouco mais sobre a cultura italiana. Todos os dias, houve bastante aderência

do público em todas as atrações do festival. Este ano, esperamos ainda mais pessoas

circulando pelo Itália Mia. Para isso, estamos preparando muitas novidades para todos, com

exposições, espaços instagramáveis, homenagens e a customização do ambiente com uma

nova temática”, promete Aurélio Oliveira, coordenador do festival.


A riqueza da cultura italiana

Pizzas, risotos, lasanhas, espaguetes, pães, sorvetes e outras delícias da culinária

italiana há muito tempo encantam os paladares paraenses. Depois do grande sucesso da

primeira edição, o sabor inconfundível das iguarias da Itália estará presente mais uma vez no

espaço gastronômico, que contará com a participação de restaurantes, docerias, adegas e

pizzarias da capital paraense.



O Festival Itália Mia terá ainda atrações musicais, com Luiz Pardal, Jacinto Kahwage,

Paulo Assunção, Alba Maria e o Coral Infantil da Fundação Amazônica de Música, além de

apresentações de danças tradicionais da Itália, com performance da Cia de Dança Ana

Unger. A programação abrigará ainda a exposição Giovanni Gallo & Museu do Marajó e o

Festival de Cinema Italiano no Brasil, que exibirá dezenas de filmes, entre clássicos e

inéditos. As sessões serão realizadas no Teatro Maria Sylvia Nunes e no Cine Sesc Ver-o-

Peso.


Personalidade homenageada


A vida e obra do padre italiano Giovanni Gallo serão destaques na 2ª edição do

Festival Itália Mia. Nascido em Turim, em 1927, o religioso dedicou anos de sua vida ao povo

e cultura marajoaras. Sacerdote da Companhia de Jesus, Giovanni atuou na Amazônia

brasileira desde 1970 até a sua morte, em 2003.

Naturalizado brasileiro, é uma das personalidades do estado que trouxe sua influência

italiana em grandes realizações que repercutem para além dos dias atuais. Por três décadas,

viveu no Marajó, onde foi bastante atuante em empreendimentos sociais, o que fez dele uma

pessoa popular, que transitava entre diversos grupos, de pescadores a políticos. Em 1981,

Gallo recebeu o título de Cidadão do Pará e, em 2000, o título de Cidadão do Turismo

Paraense.



Desde sua chegada, o padre preocupou-se em preservar a história e a memória do

povo e do lugar que lhe acolheu, inclusive guardando peças arqueológica entregues pelos

moradores. As peças deram origem ao acervo do Museu do Marajó, fundado em 1972, e em

funcionamento em Cachoeira do Arari. É um dos pontos turísticos mais importantes do estado,

sendo considerado uma referência cultural e científica sobre as pessoas e as cidades do maior

arquipélago do norte do Brasil.


A influência italiana no Pará

A formação histórica do Pará teve influências que se estendem até os dias atuais.

Religiosos italianos em missão como os jesuítas, capuchinhos e salesianos, ao lado das

congregações femininas, deixaram marcas de sua presença em estabelecimentos de ensino,

hospitais e museus.

Outros grupos importantes foram arquitetos, pintores, músicos e artistas, inspirados pelo

Renascimento Italiano. No século XVIII, por exemplo, Giuseppe Antonio Landi foi responsável

pelo projeto de diversas igrejas como a Catedral da Sé, Carmo, São João e Mercês. O legado

do arquiteto foi um dos destaques da 1ª edição do Festival Itália Mia.

No século XIX, Domenico de Angelis e Giovanni Capranesi foram autores da decoração

e da pintura do Theatro da Paz. No início do século XX, o engenheiro calabrês Filinto Santoro

construiu vários prédios públicos, como o Palacete Montenegro, que hoje abriga o Museu da

Universidade Federal do Pará (MUFPA).



“O Itália Mia nasceu do desejo de resgatar e celebrar as inúmeras conexões históricas

entre a Itália e o Pará e vice-versa. A arquitetura de algumas de nossas mais belas

construções, por exemplo, foram obras de arquitetos, pintores e artistas italianos. Imigrantes

que aqui chegaram, nas primeiras décadas do século XX, trouxeram na bagagem sabores da

Itália que logo nos conquistaram e se mesclaram a nossa rica gastronomia. Se lançarmos um

olhar sobre as artes, a moda, o turismo, a comunicação e outros segmentos, sempre haverá

uma próxima, rica e carinhosa relação entre paraenses e italianos”, destaca Rosângela

Maiorana, executiva, jornalista e neta de italianos.

Festival Itália Mia

O Festival Itália Mia é uma realização do Grupo Liberal. Durante três dias (03 a 05 de

novembro), na Estação das Docas, em Belém, vai destacar as influências da cultura italiana no

Pará, reunindo elementos da gastronomia, arquitetura, dança, música e cinema do país

europeu, que é uma das origens da civilização ocidental. O evento é gratuito e destinado aos

públicos de todas as idades. Tem o patrocínio da Embaixada da Itália no Brasil e o apoio

institucional do Governo do Estado do Pará.


Confira a programação do Festival Itália Mia 2023 (sujeita a alterações)

Sexta (03/11/2023)

 10h – 22h | Espaço Expositivo Giovanni Gallo & Museu do Marajó

 11h – 22h | Espaço Gastronômico

 18h | Show Especial de Abertura (Trio Paraense apresenta Luiz Pardal, Jacinto

Kahwage, Paulo Assunção e Alba Maria | Cia de Dança Ana Unger apresenta

Performance | Coral Infantil da Fundação Amazônica de Música)

 19h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação – Documentário Giovanni Gallo: O

Italiano Marajoara. 2023. 55min. Classificação: Livre

 21h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Amore All’italiana (Amor à Italiana). 1966. 95mim. Classificação: 14 anos


Sábado (04/11/2023)

 10h – 22h | Espaço Expositivo Giovanni Gallo & Museu do Marajó

 11h – 22h | Espaço Gastronômico

 16h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Mimí Metallurgico Ferito Nell’onore (Mimi, O Metalúrgico). 1972. 121mim. Classificação:

14 anos

 18h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação – Documentário Giovanni Gallo: O

Italiano Marajoara. 2023. 55min. Classificação: Livre

 19h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Berlinguer Ti Voglio Bene (Berlinguer I Love You). 1977. 90mim. Classificação: 14 anos

 20h | Show Especial (Trio Paraense apresenta Luiz Pardal, Jacinto Kahwage, Paulo

Assunção e Alba Maria | Cia de Dança Ana Unger apresenta Performance)

 21h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Travolti da An Insolito Destino Nell'azzurro Mare D'agosto (Por Um Destino Insólito).

1974. 114mim. Classificação: 14 anos



Domingo (05/11/2023)

 10h – 22h | Espaço Expositivo Giovanni Gallo & Museu do Marajó

 11h – 22h | Espaço Gastronômico

 16h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Venga a Prendere Il Caffè da Noi (Venha Tomar Um Café Conosco). 1970. 100mim.

Classificação: 14 anos

 18h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação – Documentário Giovanni Gallo: O

Italiano Marajoara. 2023. 55min. Classificação: Livre

 19h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Brancaleone Alle Crociate (Brancaleone Nas Cruzadas). 1970. 116mim. Classificação:

14 anos

 20h | Show Especial (Trio Paraense apresenta Luiz Pardal, Jacinto Kahwage, Paulo

Assunção e Alba Maria | Cia de Dança Ana Unger apresenta Performance)

 21h | Festival de Cinema Italiano Cine Estação: Retrospectiva Comédias Clássicas –

Anatra All’arancia (Pato com laranja). 1975. 106mim. Classificação: 14 anos



SERVIÇO

Festival Itália Mia

Data: 03, 04 e 05 de novembro de 2023.

Horário: 10h às 21h.

Local: Cine Estação e Boulevard da Gastronomia, na Estação das Docas.

Entrada franca.

Mais sobre o Grupo Liberal

Fundado em 1966 com a aquisição de O Liberal pelo jornalista e empresário Romulo

Maiorana, o Grupo Liberal é o maior conglomerado de comunicação da Amazônia e o 5° maior

afiliado à Rede Globo. Ao longo de mais de cinco décadas, os principais acontecimentos e

transformações culturais que marcaram a vida dos paraenses têm sido narrados nas linhas de

nossos jornais (O Liberal e Amazônia), contados em nossos telejornais (Rede Liberal),

sintonizados em nossas emissoras de rádio (Liberal Rádios), compartilhados mundo afora em

nossas plataformas na web (OLiberal.com, G1 Pará e GE Pará) e expressados no Arte Pará

(Fundação Romulo Maiorana).

Kommentare


bottom of page