II Festival Apoena traz a banda Florisse, Dois na Janela e Jack Sainha

O II Festival Apoena entra na quarta semana de programação com diversos estilos e gerações dos representantes da cultura paraense. Na próxima sexta-feira, 27, quem sobe ao palco do Festival são as bandas Dois na Janela e Florisse e a DJ Jack Sainha.

A noite começa com a discotecagem de Jack Sainha que trará seu set carregado de sonoridades amazônicas que embalam as festas populares do Pará, em uma verdadeira viagem na música paraense, do passado ao atual, passeando, ainda, pelas musicalidades brasileira e latina.

Em seguida, a banda Dois na Janela entra em cena. Criada no ano de 2013 em Abaetetuba-Pa, misturando ritmos, experimentando sons, coletando estilos de Norte ao Sul do país, a banda dedica-se em fazer música sem rótulos e apresenta ao público um repertório todo autoral resultado dessa simbiose. O grupo formado Pepeco Josan (violão e voz), Davi Paes (guitarra), Ismael Rodrigues (bateria), Elder Queiroz (contrabaixo) compõe músicas que caminham do rock à MPB, da Inglaterra ao Brasil, do reflexivo ao visceral, com letras fortes e arranjos profundos, em uma mistura feita de sensações. O último single da banda, "Relógios de Parede", lançado em 2020, está nas plataformas digitais.


“Nós estamos, atualmente, em estúdio gravando nosso primeiro álbum, mas ainda sem nome. Para o show, prometemos tocar uma música inédita que estará nesse álbum, previsto ainda para 2021”, destaca Pepeco, vocalista da banda.

Também se apresenta nesta quarta noite do Festival Apoena, a banda Florisse, que tem um EP homônimo lançado em 2019 nas plataformas digitais. Nascida em 2017, a banda paraense faz um passeio pela cultura popular. Atualmente a banda se encontra em processo de gravação do seu segundo clipe, da música Fora do eixo contemplado pelo edital de música pela lei Aldir Blanc. Florisse que dizer florescer através da música, é mergulhar no fluxo dos rios em confluência com a urbanidade belenense, é perceber detalhes e pluralidades que formam uma identidade amazônida. Florisse conta com Gabriela Maurity no vocal, Diogo Craveiro na guitarra, Neyvicton Trindade no contrabaixo, Dayvid Campos e Carlos Almeida nas percussões e Paulo Henrique Andrade na bateria.

“Com o show preparado exclusivamente para o Festival do Apoena, trazemos um repertório todo autoral e com novas músicas para embalar a noite. No repertório, a mistura dos sons da região Norte e Nordeste com as distorções de guitarra. As músicas perpassam pelo bumba meu boi, carimbó, lundu, baião, xote e muito batuque”, destaca Gabriela Maurity, vocalista da banda.


Os shows estão sendo gravados ao vivo e já estão sendo disponibilizados no canal do Youtube do Espaço Cultural Apoena, formando um rico conteúdo de registro e divulgação do trabalho dos artistas que se apresentam.


O II Festival Apoena foi contemplado pela Lei Aldir Blanc Pará e obedece todos os protocolos orientados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de prevenção à Covid-19, além de ter limitação de público conforme o decreto estadual.


Serviço

Data: sexta-feira, 27

Hora: a partir das 21h

Ingressos: R$ 15

Local: Espaço Cultural Apoena. Av. Duque de Caxias, 450 (altos)

Informações: 98213-6071//98158-0829


Posts Em Destaque
Posts Recentes