Incentivo às Artes Visuais e Fotografia do Sesc inicia exposições neste sábado (9)

O cotidiano amazônico em suas variadas interpretações visuais é tema da 5ª edição do "Imagens Cotidianas", incentivo às artes visuais e fotografia/documentação fotográfica, realizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) no Pará, por meio do Núcleo de Fotografia do Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso. Este ano em função do volume de obras e dos diferentes suportes de apresentação e para valorizar e harmonizar no espaço as peculiaridades presentes no conjunto das obras serão apresentados os ensaios vencedores e menções honrosas em dois momentos diferentes: a primeira edição em setembro/outubro e a segunda em novembro/dezembro.

A primeira mostra será aberta ao público neste sábado (10/09), às 10h, no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver- o -Peso, com os ensaios “Entreilhas” de Allyster Fagundes, “Fica em Casa” de Nelson Carvalho, “Covid -19 na Amazônia” de Tarso Sarraf ( Prêmios) e “Desacontecimentos” de Lucas Negrão e “Ananindeua” de Patrícia Brasil (Menções honrosas).



O incentivo Imagens Cotidianas tem o objetivo de fomentar e divulgar a produção paraense e também, valorizar a cultura amazônica a partir da criação e do olhar de quem vivencia esse cotidiano. Nesta edição foram oferecidos seis incentivos de R$ 4.000,00(quatro mil reais), em duas categorias: Artes visuais e Fotojornalismo/Documentação fotográfica. Os trabalhos inscritos foram analisados por uma comissão externa de avaliadores, formada por Irene Almeida (Fotojornalista e educadora), Maria Christina (Artista visual e pesquisadora) e Miguel Chikaoka (Artista visual e educador), que fizeram o exercício de ponderar e pontuar um conjunto de variáveis como originalidade, relevância cultural, abordagem temática, comunicação de ideias, qualidade técnica e a apresentação das obras inscritas, critérios presentes no regulamento do certame que nortearam as escolhas.



Na categoria Artes Visuais, os vencedores de 2022 são: Allyster Fagundes, com o trabalho “Entreilhas”, Nelson Carvalho com “Fica em Casa” e “Caxina Machu | O reino das sementes vazias” da Raio Verde [Camila Fialho e José Viana]. Na categoria fotojornalismo/documentação fotográfica os vencedores foram: “Os marinheiros do Caraparu” de Jader Moreira; “Ilumina(dores)” de Marise Maués e “Covid -19 na Amazônia” de Tarso Sarraf. E ainda tivemos as menções honrosas para as obras: “Desacontecimentos” de Lucas Negrão, na categoria Artes Visuais; “Ananindeua” de Patrícia Brasil, na categoria Fotojornalismo/Documentação e “Açaí Du Bom” de Gil Favacho, também na categoria Fotojornalismo /Documentação.



O incentivo faz parte da programação cultural e educativa desenvolvida na instituição referenciada no acervo "Máquinas para filosofar", composto por 89 máquinas fotográficas e outros equipamentos manufaturados datados dos séculos XIX e XX em exposição permanente desde 2010 na Unidade, e que inspira a reflexão e as práticas aplicadas a fotografia e as artes visuais.

Serviço:

Exposição Imagens Cotidianas 2022- Incentivo às artes visuais e a fotografia paraenses

Abertura: 10/09/2022 às 10h

Período de visitação: 10/09 a 28/10/2022 (Segunda a sábado, das 9h às 18h)

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França, 522/523 – Campina Belém/PA)

Informações: (91) 3084-0472 (Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso)

(91)4005-9583 (Fale com o Sesc)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square