top of page

Mari Palma recebe Gabriel Leone na nova fase do ‘Na Palma da Mari’ da CNN POP

A versão 2024 do videocast “Na Palma da Mari” ganha um novo cenário que não é, mas poderia ser, a sala de estar da casa da apresentadora: é nesse clima intimista e mais descontraídos que Mari Palma começa a nova fase do programa, que estreia nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, às 20h, no canal CNN POP no YouTube, e depois disponível on demand na plataforma. 

O primeiro convidado do videocast já está na pista. Prestes a lançar no Brasil o filme “Ferrari”, em 22 de fevereiro, e a minissérie “Senna”, da Netflix, ainda este ano, Gabriel Leone conversou com Mari sobre a fase de trabalhos de repercussão mundial. O ator “entregou” um pouco da sua intimidade e até disputou uma partida de videogame – uma corrida, claro – com a apresentadora. 



Para quem mal conhecia a Fórmula 1, Leone emendou dois trabalhos de peso, vivenciando todo o universo do automobilismo. 

Atualmente com 30 anos de idade, Gabriel Leone era um bebê quando o ídolo Ayrton Senna morreu (em 1994). “Eu cresci em um Brasil com um certo luto em relação à Fórmula 1 por causa do Senna. Além de ter revolucionado o automobilismo, ele foi um dos maiores ídolos nacionais fora do esporte também. Mesmo não tendo visto ele correr ao vivo, acho que a gente nasce com esse legado dele.” 

O ator define o papel do grande astro brasileiro da F-1 como o processo mais desafiador da sua carreira, tanto pelo tempo que passou filmando quanto pela responsabilidade que é a composição do personagem: “Foi um desafio chegar no Senna, comecei a estudar, ler, ver o que tem dele na internet”, afirma. 

“Eu não queria fazer uma caricatura nem imitá-lo. Estava buscando o Ayrton em mim, mas de uma forma que o representasse e se conectasse com quem for assistir. Ele era intenso, emotivo, viver tanto do que ele viveu mexeu muito comigo. Foi intenso, cansativo, mas muito bonito.” 

Leone também conta a Mari Palma sobre o rápido processo de seleção para atuar em “Ferrari”, longa-metragem do diretor Michael Mann, quando gravou uma selfie tape e foi aprovado para o elenco dois dias depois. E sobre atuar com astros internacionais: “Basicamente todas as minhas cenas são com o Adam Driver. Foi incrível, ele foi super parceiro. Foi minha primeira vez atuando em inglês, foi um processo de muito aprendizado e com certeza um dos momentos mais incríveis da minha carreira.” 

Na produção, ele interpreta um marquês espanhol, neto de um rei, que se interessou por automobilismo, comprou uma Ferrari e começou a correr. 

O ator revela que no longa dispensou o uso de dublês na maioria das cenas - principalmente nas chegadas e saídas dos carros, é ele mesmo quem está dirigindo. 

Um novo episódio de “Na Palma da Mari” é exibido todas as quintas-feiras, às 20h, no canal CNN POP no YouTube e fica disponível on demand para o público assistir quando quiser.

bottom of page