Melhor estudante universitária do Brasil é da UFPA

A universitária Larissa Peniche, estudante do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal do Pará (UFPA) é a vencedora do Prêmio Universitário do Ano DSM, que premia o estudante que mais se destacou pelas ações empreendedoras desenvolvidas no âmbito da rede Enactus, para melhorar as condições de comunidades em situação de vulnerabilidade social.


A estudante se destacou entre 3 mil universitários da rede Enactus e garantiu o Prêmio para o Estado do Pará. A final emocionante com as 3 finalistas ocorreu no dia 21 de julho, durante o Evento Nacional Enactus Brasil 2021 e contou com a participação de diretores e gestores de grandes empresas como Unilever, Cargill e Tilibra, além de acadêmicos de todo Brasil. Na competição, foram considerados critérios como: motivação, histórias e atividades desenvolvidas dentro e fora do Time Enactus.



“Receber esse título em uma competição com tantas mulheres incríveis é uma honra! Mas esse foi um prêmio construído não só por mim, mas por um time que em meio a tantas adversidades, trabalhou arduamente e seguiu acreditando no empreendedorismo social como ferramenta para mudar o mundo.” comemora Larissa. Dentre as finalistas também estava Karina Quadros, presidente do time Enactus Altamira, time campeão da liga Rookie este ano, uma competição de times recém formados.

A paraense conta que se deparar com problemas sociais latentes em Belém despertou o desejo de usar o conhecimento de sala de aula para criar soluções empreendedoras. “Poder ajudar de forma real a sociedade foi a maneira que encontrei de retornar todo investimento que tenho recebido desde que entrei na UFPA”, relata.


A trajetória da estudante começou em 2018, quando entrou no time Enactus UFPA, posteriormente liderando o Cíclica, projeto que promoveu o empoderamento social e econômico dos catadores profissionais da Região Metropolitana de Belém. É também uma das fundadoras do projeto Anamã, projeto reconhecido nacionalmente e finalista de diversas competições internacionais, a exemplo da Race To Rethink Plastic, ficando entre as 4 melhores iniciativas do mundo no combate à poluição dos oceanos e preservação da vida marinha e vencedor do prêmio BIC 2021 “Escrevendo o futuro juntos”.



Hoje a aluna também faz parte do Crossroads Emerging Leaders Program (CELP), um programa da Universidade de Harvard voltado para jovens líderes. Além disso, a gestão de Larissa à frente do time Enactus UFPA é marcada pelo impacto positivo em pelo menos 190 mil pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica e, no contexto pandêmico atual, foi responsável por traçar estratégias para o enfrentamento da COVID-19.


“Percebemos a urgência de trabalhar para amenizar as consequências da pandemia, principalmente na geração de renda”, afirma Larissa. As ações geraram 12 empregos e impactaram 1.800 vidas através da doação de 17 toneladas de alimentos e face shields em 4 municípios do Pará.

Esta é a segunda vez que a Enactus UFPA é reconhecida na premiação. Em 2015, o estudante Felipe Araújo da Enactus UFPA foi premiado Estudante do Ano e se tornou membro estagiário da empresa Unilever.

Saiba mais sobre o Time Enactus UFPA e suas iniciativas.


Posts Em Destaque
Posts Recentes