MPB Festival Belém traz Emicida e grandes nomes da música popular brasileira neste sábado (14)

Com um lineup digno de um festival, o MPB Festival traz na bagagem da sua terceira edição um mashup de rap, música popular brasileira e paraense. Emicida, Francisco El Hombre convida Luê, Bando Mastodontes, Nic Dias e MC Super Shock, além do Dj Albery, vão ocupar os palcos montados no Espaço Náutico Marine Club no dia 14 de maio, e prometem entregar aos fãs novos melhores momentos após a retomada dos eventos na capital paraense.


Uma das maiores referências do rap brasileiro, Emicida apresenta, pela primeira vez, o show AmarElo. A proposta do artista, que não é marinheiro de primeira viagem em solo paraense, é escrever como quem manda cartas de amor. O resultado desse exercício para esse mundo que ele enxerga em decomposição é o álbum, em que ele propõe um olhar sobre a grandeza da humanidade. Ao levar o trabalho para os palcos, o rapper tem vivenciado nos shows uma grande experiência e uma celebração com contornos de comunhão. No repertório, as novas canções, como a faixa-título e "Pequenas Alegrias da Vida Adulta", além de músicas que marcaram a sua carreira.



Também não é a primeira vez de Francisco El Hombre se relaciona com o público paraense - desta vez, com a participação da cantora paraense Luê. Mateo Piracés-Ugarte, vocalista do grupo, lembra as duas experiências na capital, que classificou como catárticas. “Inclusive as pessoas ainda comentam com a gente sobre esses shows. Faz dois anos que não vamos para Belém por causa da pandemia, então estamos extremamente empolgados de poder mostrar o disco novo, o Casa Francisco”, afirmou.


O artista afirma que as canções desse novo trabalho são mais tranquilas, mas, no momento do show, os músicos projetam uma atmosfera mais dançante. “A gente vira as músicas de ponta cabeça, e estamos ligados que a galera de Belém curte dançar demais, então nossa expectativa é fazer a galera dançar mesmo. O repertório é composto pelas músicas novas, mas ao mesmo tempo não podemos deixar de tocar nossos clássicos, como ‘Triste, Louca ou Má’”, finalizou.


Configurada em meio a uma aura espacial, ornada com cores, símbolos e texturas, a intenção do trabalho do Bando Mastodontes conduz a uma visita por meio de um caminho que convida os fãs a imergirem no imaginário da obra. Esse universo será conhecido pelo público no ambiente virtual de Ciranda Celestial, primeiro álbum do grupo, projeto contemplado com o Edital Natura Musical. “Também guardamos nesse lugarzinho todo especial os nomes que materializam o álbum e agora proporcionam que ele corra mundo”, conclui a vocalista Fernanda Noura.



Cria das ruas de Icoaraci, distrito suburbano de Belém, Nic Dias é uma das atrações locais do Festival, e se apresenta ao lado de MC Super Shock. A rapper mostrado nos versos a potencialidade da sua voz em contar histórias, muitas vezes silenciadas, em um país culturalmente racista como o Brasil. De cabeça erguida e trajada de confiança nas suas rimas, em cada música nova, Nic mostra porque veio para ficar: sem filtro, está disposta a contar cada pensamento e poesia que estão entalados na garganta, a partir da sua visão e vivência como uma mulher negra, nortista e da periferia, sem se importar a quem possa, ocasionalmente, incomodar.


Já o MC Super Shock iniciou a carreira aos 15 anos de idade e já possui trabalhos tanto solo quanto com outros artistas da região Norte, como 'Dadinho', 'Quando o coração parte mais alto', 'Brio' e 'Estorvo', vencedor do prêmio de melhor videoclipe no Festival Zélia Amador de Deus em 2020.


Serviço:

MPB Festival Belém - Ano III

Line-up: Emicida, Francisco El Hombre + Luê, Mastodontes, Nic Dias e Mc Super Shock, Dj Albery.


Data: 14-05

Local: Espaço Náutico Marine Club

Locais de venda: Loja Jef (Shopping Grão Pará); Melissa (Boulevard Shopping, Pátio Belém e Parque Shopping); Óticas Diniz (Shopping Metrópole Ananindeua); Posto Top 24 (Rua dos Pariquis com a Travessa 14 de Março); Espaço Náutico Marine Club (9h às 17h). Online: site e aplicativo Bilheteria Digital.


Patrocínio:

Banco da Amazônia, por meio da Lei de Incentivo à Cultura Federal; Cervejaria Devassa.

Apoio: Boulevard Shopping e Rádio Cultura.

Realização: Sonique Produções.


Evento apresenta shows em programação no Espaço Náutico Marine Club, no próximo dia 14 de maio.


Com um lineup digno de um festival, o MPB Festival traz na bagagem da sua terceira edição um mashup de rap, música popular brasileira e paraense. Emicida, Francisco El Hombre convida Luê, Bando Mastodontes, Nic Dias e MC Super Shock, além do Dj Albery, vão ocupar os palcos montados no Espaço Náutico Marine Club no dia 14 de maio, e prometem entregar aos fãs novos melhores momentos após a retomada dos eventos na capital paraense.


Uma das maiores referências do rap brasileiro, Emicida apresenta, pela primeira vez, o show AmarElo. A proposta do artista, que não é marinheiro de primeira viagem em solo paraense, é escrever como quem manda cartas de amor. O resultado desse exercício para esse mundo que ele enxerga em decomposição é o álbum, em que ele propõe um olhar sobre a grandeza da humanidade. Ao levar o trabalho para os palcos, o rapper tem vivenciado nos shows uma grande experiência e uma celebração com contornos de comunhão. No repertório, as novas canções, como a faixa-título e "Pequenas Alegrias da Vida Adulta", além de músicas que marcaram a sua carreira.


Também não é a primeira vez de Francisco El Hombre se relaciona com o público paraense - desta vez, com a participação da cantora paraense Luê. Mateo Piracés-Ugarte, vocalista do grupo, lembra as duas experiências na capital, que classificou como catárticas. “Inclusive as pessoas ainda comentam com a gente sobre esses shows. Faz dois anos que não vamos para Belém por causa da pandemia, então estamos extremamente empolgados de poder mostrar o disco novo, o Casa Francisco”, afirmou.


O artista afirma que as canções desse novo trabalho são mais tranquilas, mas, no momento do show, os músicos projetam uma atmosfera mais dançante. “A gente vira as músicas de ponta cabeça, e estamos ligados que a galera de Belém curte dançar demais, então nossa expectativa é fazer a galera dançar mesmo. O repertório é composto pelas músicas novas, mas ao mesmo tempo não podemos deixar de tocar nossos clássicos, como ‘Triste, Louca ou Má’”, finalizou.


Configurada em meio a uma aura espacial, ornada com cores, símbolos e texturas, a intenção do trabalho do Bando Mastodontes conduz a uma visita por meio de um caminho que convida os fãs a imergirem no imaginário da obra. Esse universo será conhecido pelo público no ambiente virtual de Ciranda Celestial, primeiro álbum do grupo, projeto contemplado com o Edital Natura Musical. “Também guardamos nesse lugarzinho todo especial os nomes que materializam o álbum e agora proporcionam que ele corra mundo”, conclui a vocalista Fernanda Noura.


Cria das ruas de Icoaraci, distrito suburbano de Belém, Nic Dias é uma das atrações locais do Festival, e se apresenta ao lado de MC Super Shock. A rapper mostrado nos versos a potencialidade da sua voz em contar histórias, muitas vezes silenciadas, em um país culturalmente racista como o Brasil. De cabeça erguida e trajada de confiança nas suas rimas, em cada música nova, Nic mostra porque veio para ficar: sem filtro, está disposta a contar cada pensamento e poesia que estão entalados na garganta, a partir da sua visão e vivência como uma mulher negra, nortista e da periferia, sem se importar a quem possa, ocasionalmente, incomodar.


Já o MC Super Shock iniciou a carreira aos 15 anos de idade e já possui trabalhos tanto solo quanto com outros artistas da região Norte, como 'Dadinho', 'Quando o coração parte mais alto', 'Brio' e 'Estorvo', vencedor do prêmio de melhor videoclipe no Festival Zélia Amador de Deus em 2020.


Serviço:

MPB Festival Belém - Ano III

Line-up: Emicida, Francisco El Hombre + Luê, Mastodontes, Nic Dias e Mc Super Shock, Dj Albery.


Data: 14-05

Local: Espaço Náutico Marine Club

Locais de venda: Loja Jef (Shopping Grão Pará); Melissa (Boulevard Shopping, Pátio Belém e Parque Shopping); Óticas Diniz (Shopping Metrópole Ananindeua); Posto Top 24 (Rua dos Pariquis com a Travessa 14 de Março); Espaço Náutico Marine Club (9h às 17h). Online: site e aplicativo Bilheteria Digital.


Patrocínio:

Banco da Amazônia, por meio da Lei de Incentivo à Cultura Federal; Cervejaria Devassa.

Apoio: Boulevard Shopping e Rádio Cultura.

Realização: Sonique Produções.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square