top of page

Projeto ‘Boi-Bumbá Para Sempre’ promove oficinas e apresentações no Guamá

Com o objetivo de resgatar a cultura do Boi-Bumbá em Belém, o projeto “Boi-Bumbá Para Sempre” realiza um ciclo de oficinas e apresentações culturais gratuitas no bairro do Guamá. A programação começa nesta segunda-feira (8) e as inscrições podem ser feitas presencialmente no Curral do Boi Bumbá Flor da Juventude, localizado na Rua Caraparu, Nº 255.


Nesta segunda-feira (8), será realizada a oficina de barricas e confecção de adereços. A agenda continua nos próximos dias 15, com a oficina de produção de boi, e 22, com a oficina de bordado e costura. Já no final de abril, no dia 30, começam os ensaios do Auto do Boi, com cortejo previsto para junho nas ruas do bairro.



O projeto “Boi-Bumbá Para Sempre” é uma iniciativa do Boi-Bumbá Flor da Juventude, grupo folclórico formado por mais de 50 crianças e adultos, com mais de duas décadas de atuação no Guamá, periferia de Belém. Um dos propósitos do projeto é promover inclusão social e acesso à cultura popular para crianças em situação de vulnerabilidade.


“Nos inspiramos nos grupos de boi-bumbás nortistas, que atuam no trabalho comunitário com crianças e jovens, fornecendo acesso à cultura regional e periférica. Para além disso, o ‘Boi-Bumbá Para Sempre’ se trata de um sonho de resgate das origens do boi-bumbá, uma das muitas expressões da cultura popular brasileira”, explica a produtora cultural do projeto, Jamilly Lopes.


Em Belém, a cultura do boi-bumbá está relacionada à história da cidade. No século 19, com as manifestações de batuques e toadas em festas de São João, já se fazia menção a um “turbulento Boi Caiado” em jornais da cidade. Os espetáculos ocorriam nos subúrbios e contavam com a presença do povo, que tinham nesse ato uma forma de extravasar. 


“Grande parte da minha vida é dedicada à confecção de boi-bumbá em diferentes grupos de Belém. O boi-bumbá construiu a minha identidade, mas também a identidade cultural coletiva nas periferias da cidade. Por isso a importância de fomentar essa grande representação da cultura popular e resgatar suas origens”, destaca o artesão Benedito Oliveira, fundador e presidente do Boi-Bumbá Flor da Juventude.


As oficinas são destinadas a toda a comunidade belenense. Ao longo de maio já iniciam a produção do Auto do Boi. Em junho, serão realizadas as apresentações em espaços públicos. O projeto também prevê a produção de um curta-metragem e a implementação do programa "Conhecendo o Boi-Bumbá" nas escolas locais. O “Boi-Bumbá Para Sempre” foi contemplado pela Lei Complementar Nº 195/2022, conhecida como “Lei Paulo Gustavo”.


Serviço:

Oficinas do projeto “Boi-Bumbá Para Sempre”:

8/4: oficina de barricas e confecção de adereços;

15/4: oficina de produção de boi;

22/4: oficina de bordado e costura

Local: Sede-Curral do Boi Bumbá Flor da Juventude (Rua Caraparu, Nº 255)

Inscrições abertas e feitas de forma presencial.

Redes sociais:Instagram @bbflordajuventude


Comments


bottom of page