top of page

Reflexões marcam novo EP de Selektah Nubeat


O músico e produtor musical Selektah Nubeat lança, nesta quarta-feira (11), o EP “Reflections”. Natural de Castanhal, nordeste do estado, o artista foi responsável por criar o instrumental das quatro faixas do trabalho, que foram letradas por rappers que celebram a negritude e a força feminina, como Negro Edi, Agatha Sou, Yanna MC e duo Ori, a partir de temas como amor próprio, afrorreligiosidade e persistência. “Reflections” será disponibilizado em todas as plataformas digitais do artista.


Com forte influência do rap, jazz, reggae, funk e soul na sonoridade, Selektah Nubeat revela que “Reflections” traz composições de 2021 e 2022. “Foi um processo primeiramente solitário, onde criei todos os quatro instrumentais durante um período de quatro a cinco meses. Assim que conclui, enviei para os artistas que, de alguma forma, senti que iam desenvolver algo interessante com suas letras e interpretações tão importantes e precisas, e eu não poderia estar mais satisfeito com o resultado”, conta o músico.



De acordo com ele, “Reflections”, como o nome sugere, é um EP que traz reflexões do ponto de vista do músico e dos artistas convidados. “‘Reflections’’ fala um pouco sobre mim, como músico, no sentido de que o que eu sinto e vivo se inspira e se reflete no meu instrumental, porque a minha principal forma de comunicação é através do som. Tudo que está na minha mente, coração, se reflete no meu instrumental e, consequentemente, as letras são reflexões desses artistas”, compartilha Selektah.


Para Agatha Sou, parceria de Selektah Nubeat na faixa “África”, a reflexão é acerca de um momento extremamente delicado sofrido por ela no ano passado, quando a rapper teve diagnóstico de tuberculose. “Ganhei esse ‘beat’ do Selektah quando eu estava doente e foi um processo muito terapêutico escrever a letra, pois demonstra um momento de superação meu. Trago uma homenagem às praias de Outeiro, que é um lugar onde eu encontro muita paz, mas que, em razão da doença, não pude ter contato por um período e isso me partiu o coração. Essa letra fala sobre África, a África que está dentro da gente, que está dentro do nosso coração, que está dentro das nossas mentes, e Belém do Pará é um pedaço de África. Eu também abordo temas como as violências que nós mulheres sofremos na cena rap e hip hop”, afirma a artista.



Para Agatha Sou, parceria de Selektah Nubeat na faixa “África”, a reflexão é acerca de um momento extremamente delicado sofrido por ela no ano passado, quando a rapper teve diagnóstico de tuberculose. “Ganhei esse ‘beat’ do Selektah quando eu estava doente e foi um processo muito terapêutico escrever a letra, pois demonstra um momento de superação meu. Trago uma homenagem às praias de Outeiro, que é um lugar onde eu encontro muita paz, mas que, em razão da doença, não pude ter contato por um período e isso me partiu o coração. Essa letra fala sobre África, a África que está dentro da gente, que está dentro do nosso coração, que está dentro das nossas mentes, e Belém do Pará é um pedaço de África. Eu também abordo temas como as violências que nós mulheres sofremos na cena rap e hip hop”, afirma a artista.


“‘Reflections” traz referências em artistas como Mad Professor, Madlib, 9th Wonder e DJ Premier, onde existe um conceito estético que entrelaça as músicas. “O resultado é que a mescla das linhas ‘jazzísticas’ de baixo, feitas por Wagner Totóia; o piano, rhodes e synths psicodélicos de Jadson ‘KG’; somados aos samples ‘sujos’ e beats, que remetem à fase mais clássica do rap, refletem uma ‘vibe’ mais orgânica, ora relaxante, ora mais enérgica”, comenta Selektah.



Allan Casimiro, mais conhecido como Selektah Nubeat, iniciou carreira musical em 2012, como DJ em festas de Castanhal, sua cidade natal. Em 2016, fundou o selo Kizomba Groove para produzir artistas do rap e fomentar a cena independente local. Versatilidade é a marca do produtor, que já tem mais de vinte trabalhos gravados, incluindo “De Onde Eu Vim” com M.SÃ, “Jazz N Grazz” com Santi López, e “Eu Vim” com Lugo M.SÃ e 2KP.

Ficha técnica:

Produção e direção musical: Selektah Nubeat

Contra baixo: Wagner Totóia

Hammond: Jadson “KG”

Scratchs e colagens : Selektah Nubeat

Mixagem e masterização: Yuri Pinheiro

Capa: Will Lima

Contra capa: Edgar Duarte

Visualizer: Tarcio.edit


Serviço:

Lançamento “Reflections”, de Selektah Nubeat

11/10 (quarta-feira), a partir de 00h em todas as plataformas digitais


Redes sociais

Selektah Nubeat: @selektah_nubeat

Selo Kizomba no Youtube: youtube.com/@SeloKizomba


Comments


bottom of page