Rock in Rio 2022: Festival anuncia novidades de duas de suas áreas : Rock District e Rock Street

Sucessos do Rock in Rio, a Rock District e a Rock Street, áreas que proporcionaram momentos marcantes para o público, chegam em 2022 repletos de novidades. No ano que é marcado pelo reencontro, os fãs do festival poderão caminhar novamente pelos tradicionais e charmosos bairros da Cidade do Rock, experimentando a vida ao vivo nestes espaços que serão ainda mais fluidos. Na Rock District, acontecerão shows com nomes consolidados da cena musical como Oitão, Malvada, Lucy Alves, Rodrigo Santos, Fernando Badauí, Deia Cassali, Thiago Fragoso, Di Ferreiro, Rogerio Flausino, entre outros, além de uma banda inédita chamada All Stars Rock Band, formada por Dinho Ouro Preto nos vocais, Andreas Kisser na guitarra, João Barone na bateria, PJ no baixo e Liminha na guitarra. Atrações de rua, como o ballet da Cia Nós Da Dança, Eletrika e Rodrigo Sha, também estarão presentes. Já a Rock Street, que terá como tema o Mediterrâneo, vem com uma cenografia de tirar o fôlego. As fachadas das casas serão compostas por elementos e detalhes que fazem referências aos diversos países da região. Oportunidades de selfies incríveis não faltarão!

“Em 2022, o público se reencontrará com dois dos espaços mais queridos da Cidade do Rock. Teremos uma Rock District com atrações já bastante conhecidas pelas pessoas, que estão preparando shows inéditos e descontraídos que contam um pouco mais sobre seus gostos pessoais, praticamente um lado B de suas carreiras. Já a Rock Street será diversa e multicultural, em uma verdadeira homenagem ao Mediterrâneo. A cenografia será rica de elementos e detalhes que representam os países da região.”, conta Marisa Menezes, diretora artística da Rock District e da Rock Street.

Na última edição do Rock in Rio, o palco Rock District encantou o público com apresentações divertidas e com muito rock n' roll. No espaço, os artistas apresentam ao público um lado pouco conhecido de suas carreiras: o que eles tocam fora de suas turnês oficiais. Essa é uma ótima oportunidade para os fãs se aproximarem de seus artistas favoritos e saber mais sobre seus gostos e influências na carreira.


Para 2022, o espaço vai trazer novamente grandes nomes da música nacional. O local vai receber 16 shows inéditos e contará com apresentações da Rock Street Band (todos os dias, exceto 2 de setembro), composta por André Frateschi no vocal, Mauro Berman no baixo, Lourenço Monteiro na bateria, Fernando Vidal na guitarra e Gê Fonseca nos teclados. No dia 2 de setembro sobem ao palco Oitão, Noturnall, Eminence e Sioux 66; no dia 3, acontecem os shows de Wilson Sideral - Tropical Blues e Malvada; já no dia 4, terá Fonk’s Gang e Lucy Alves; o segundo fim de semana começa com performances de Rodrigo Santos e Storms; no dia 9, Fernando Badauí e Deia Cassali marcam presença no local; no dia 10 é a vez da superbanda formada por Dinho Ouro Preto, Andreas Kisser, João Barone, PJ e Liminha, além de um show de Thiago Fragoso; e fechando o palco, no dia 11, terá Di Ferrero e Rogério Flausino.

Nas atrações de rua, que acontecerão diariamente, estará presente a tradicional apresentação do ballet da Cia Nós da Dança que sempre agita o público do local. As performances terão coreografias exclusivas criadas por Regina Sawer, em homenagem a músicas de sucesso de artistas que já passaram pelo Rock in Rio como Coldplay, Jota Quest, Skank, entre outros. Outra atração, a Eletrika é uma ponte entre a energia do rock e instrumentos clássicos: dois violinos e um violoncelo, todos elétricos, interpretando os grandes clássicos do Rock. A banda é formada pelos violinistas Ana Catto e Thiago Teixeira, e pelo violoncelista Federico Puppi. Os três transitam entre orquestras, música popular e R&R e uniram esses ingredientes para criar um show que incendiará o palco Rock District. O tradicional sax de Rodrigo Sha também estará presente com seu som único que transita com facilidade pela MPB, Bossa Nova, Rock n’ Roll e também domina o cenário da música eletrônica. Com as levadas, sonoridades eletrônicas e sua linguagem particular no no sax, cria novas versões para sucessos consagrados e lota as pistas por onde passa.

A edição de 2022 da Rock Street, rua mais badalada da Cidade do Rock, será inspirada no Mediterrâneo. Países como França, Espanha, Itália, Grécia estarão representados, assim como Portugal, que além de ser a porta de entrada para essa região, foi por onde iniciou a internacionalização do Rock in Rio, em 2004. Várias surpresas prometem encantar e gerar uma conexão com o público, além de oportunidades de selfies imperdíveis. Os figurinos ficarão por conta da designer Juliana Ibarra, que traduzirá elementos da região nas peças de roupas das atrações do local. A curadoria artística investirá em bandas e atrações de rua que se espalham das fachadas das casas até o meio do público, a Rock Street Mediterrâneo será uma atração multicultural.

Agendado para os dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022, o festival acontece no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro. Nomes como IRON MAIDEN, Post Malone, Justin Bieber, Guns N` Roses, Green Day, Coldplay e Dua Lipa já estão confirmados.

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio foi criado para dar voz a uma geração e promover experiências únicas e inovadoras. Em 1985, o evento foi responsável por colocar o Brasil na rota de shows internacionais. Batendo recordes de público a cada edição e gerando impactos positivos nos países onde é realizado, se consagrou como o maior festival de música e entretenimento do mundo. Consciente do poder disseminador da marca, hoje o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável.

A internacionalização da marca começou por Portugal, Lisboa, em 2004, onde o evento acontece até hoje, seguido por Espanha (Madri) e pelos Estados Unidos (Las Vegas). No Rock in Rio, os números não param de crescer. Pelas Cidades do Rock já passaram mais de 10 milhões de visitantes nestas 20 edições. Em 37 anos, o festival ganhou o mundo e tornou-se um verdadeiro parque de experiências, mas muito além disso, cresceu e ampliou a sua atuação, sempre com o olhar no futuro.

Adotando e incentivando práticas que apoiam o coletivo, o Rock in Rio preza pela construção de um mundo melhor e se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 - Eventos Sustentáveis. Desde a primeira edição, já gerou 237 mil empregos diretos e indiretos e investiu, junto com seus parceiros, mais de R﹩ 110 milhões em diferentes projetos, passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas, entre outros.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square