top of page

Rock in Rio 2024: Palco Sunset terá shows de grandes nomes do rap, do trap e do funk nacional

Com milhões de fãs em todo o Brasil, a cena musical do rap, trap e funk solidificou-se como uma potência indiscutível, capturando a essência das ruas e ecoando nos corações dos brasileiros. Com um olhar atento à ascensão destes ritmos musicais, o Rock in Rio preparou um line-up especial para o dia 13 de setembro, que celebrará a cultura urbana vibrante e pulsante do nosso país de maneira única e envolvente. O festival convocou um time de peso para o Palco Sunset, que este ano terá a mesma boca de cena que o gigante Palco Mundo. Juntos, MC Cabelinho e o Coral das Favelas serão os headliners do espaço em um show inédito que vai emocionar todos os presentes. Antes, será a vez de Orochi com Chefin e convidado com uma apresentação cheia de energia e música boa. Outro encontro será o de Veigh e Kayblack, que sobem ao palco para uma performance repleta de hits e sucessos. A abertura do Sunset neste dia ficará por conta da Funk Orquestra, a primeira orquestra de funk do mundo, que convida MC Daniel, Rebecca e MC Soffia. Já no Palco Mundo, o line-up dia dia 13 fica completo com Ludmilla, que se apresenta no mesmo espaço que o headliner Travis Scott, além de 21 Savage e Matuê com participação de TETO e WIU. No domingo, 14 de setembro, o New Dance Order terá como principal artista o renomado DJ Snake, conhecido por sucessos como "Lean On", "Let Me Love You", "Taki Taki", "Middle", entre outros. 



Zé Ricardo, vice-presidente artístico da Rock World, empresa que criou, organiza e produz o Rock in Rio e o The Town, reforça que estes gêneros musicais, marcados por suas trajetórias de resistência e origem nas zonas periféricas e favelas do país, destacam-se por lançar luz sobre questões sociais importantes, assim como o Palco Sunset, que abre espaço para conversas relevantes visando à construção de um mundo melhor. "O rap, o trap e o funk são as vozes das periferias e favelas do nosso país, representando essas comunidades por meio de um retrato autêntico da realidade de milhões de brasileiros. Esses gêneros musicais não apenas refletem, mas também dão voz às experiências e vivências das comunidades, destacando suas lutas, suas conquistas e suas histórias. Por isso, não poderíamos deixar de celebrar e exaltar esses ritmos na edição especial de 40 anos de história do festival. Preparamos um line-up repleto de conteúdos inéditos e produções totalmente exclusivas e originais do Rock in Rio, proporcionando aos espectadores uma experiência única”, finaliza.



Encerrando a noite do Palco Sunset no dia 13 de setembro, MC Cabelinho leva para a Cidade do Rock suas canções que refletem a realidade das favelas cariocas. Logo no início de sua carreira, o cantor lançou hits do funk como “Toda Hora”, “Era Uma Vez”, “Zona Sul”, “Vamos Fugir”, “Que Maravilha". Na busca de sempre sair da zona de conforto, descobriu o talento para o trap através do convite do Rapper Brill, do Bloco 7, enquanto o single “Meu Mundo” abriu ainda mais portas para novas participações no gênero. Com milhões de visualizações no YouTube e streams nas plataformas de música, MC Cabelinho se tornou uma sensação nas redes sociais e nos palcos de todo o Brasil. Seus números impressionantes refletem o alcance e a influência que ele conquistou na cena musical, enquanto sua autenticidade e letras marcantes continuam a cativar fãs de todas as idades e origens. Ao lado de Cabelinho, o Coral das Favelas vai reunir jovens de diversas comunidades cariocas que vão ter a oportunidade de se apresentarem no Rock in Rio ao lado deste que é um dos maiores nomes do funk, rap e trap nacional.

Logo antes, é a vez de Orochi com Chefin e convidado se apresentarem no espaço. O cantor começou a percorrer o circuito de batalhas de rap aos 14 anos e fez o seu nome organicamente nas rodas culturais. Agora, com milhões de seguidores em suas redes sociais e mais de um bilhão de plays em suas músicas, Orochi é uma das maiores referências do rap nacional. Em 2020 lançou o seu primeiro álbum, “Celebridade”, com nove letras inéditas. O trabalho foi ao ar em todas as plataformas digitais no dia 27 de março de 2020. Hoje, aos 25 anos, domina as paradas de sucesso com seus hits “Amor de Fim de Noite”, “Sereia”, “Mitsubishi”, “Celebridade”, “Cicatrizes”, “Mesma História”, “Vida Rasa”, entre outros. Ao lado de Orochi, Natanael Cauã Almeida de Souza, mais conhecido pelo nome artístico Chefin, é rapper, cantor e compositor. Revelação do rap do Rio estourou hits '212' e 'Deus é o meu guia', e foi escolhido para fazer o remix da música '2step', com o artista britânico Ed Sheeran. Em 2022 Chefin foi vencedor do prêmio MTV Millennial Awards 2022 na categoria "Trap na cena"



Ainda no mesmo dia, Veigh e Kayblack farão um show inesquecível. Thiago Veigh é uma das mais promissoras vozes da cena brasileira de Rap/Trap/RnB. Foi o artista escolhido pelo programa radar do Spotify Brasil, em julho de 2022, convidado a gravar um single exclusivo em Londres, além de vencer o prêmio Rap Nacional como revelação no mesmo ano. Possui sucessos autorais como “Londres Freestyle”; “Vida Chique”; “Perdoa Por Tudo Vida” e “Nunca Sozinho”. Seus lançamentos populares no Spotify acumulam mais de 850 milhões de streams na plataforma. Ao lado Veigh também estará Kaíque Menezes, o Kayblack. Sua trajetória musical começou no funk, mas foi no trap que se consagrou e tornou-se conhecido. Com estilo diferenciado e versátil, o artista desenvolve um “flow” único e marcante a cada canção e vem conquistando o público e muitos ouvintes de funk, rap, trap e música urbana. Com o lançamento do EP “Contradições”, em 2023, Kayblack tornou-se o 2º artista mais ouvido do país em menos de 48 horas, com todas as 7 faixas no “Top 100” do Spotify Brasil na época.

A Funk Orquestra, a primeira orquestra de funk do mundo, vai abrir as apresentações do Palco Sunset com uma mistura inédita de música clássica em batidas de funk conhecidas pelo público. Formados por moradores de comunidades do Rio de Janeiro, o grupo tem a proposta de recuperar uma antiga tradição das “bandas de baile” e de misturá-las com tudo que o “Baile Funk” tem de mais poderoso, dando origem à uma orquestra dançante, descontraída e desconstruída, como nunca se viu antes. O show no Sunset contará com a participação de MC Daniel, fenômeno da música brasileira. Em 2022, o cantor estourou no cenário musical com o sucesso “Revoada”. Não demorou muito para outros hits como “Tubarão Te Amo”, “Balmain”, “Dentro da Hilux”, “Namora Aí”, “Love Absurdo” e “Hino dos Mlks” conquistarem os charts e as redes sociais. Outra convidada é Rebecca, uma das cantoras com maior expressividade na cena funk pop no Brasil. Em seu currículo, a artista tem hits como “Barbie”, “Ao Som do 150”, "Repara" e “Tô Preocupada (Calma Amiga)”, que juntos somam cerca de 90 milhões de plays no Spotify. MC Soffia, rapper, cantora e compositora brasileira de apenas 20 anos, também estará no show. Com uma carreira que começou aos 6 anos no rap nacional, ela se destaca por suas letras que abordam temas como desigualdade, preconceito, racismo e machismo, incentivando o amor-próprio e a solidariedade entre mulheres.

Comments


bottom of page