top of page

Rock The Mountain atrai 25 mil pessoas no primeiro dia da edição com line-up 100% feminino

A edição comemorativa dos 10 anos do Rock The Mountain começou neste sábado, em Itaipava. Pela primeira vez, o festival conta com line-up 100% feminino, com mais de 100 artistas, divididas ao longo dos quatro dias de evento, nos 11 palcos do Festival, o maior número em todas as edições. Neste primeiro dia, Marisa Monte, Maria Rita, Jup do Bairro, Iza, Negra Li, Dona Odete, Sandra de Sá, Alcione e Illy foram algumas das artistas que empolgaram o público que esgotou todos os ingressos desta edição.



Além de grandes nomes nos palcos, o RTM ainda recebeu celebridades como Marieta Severo, comemorando seu aniversário no evento ao lado da filha Luísa Buarque e as netas Cecília Buarque, Clara Buarque e Tetê Buarque, com direito a parabéns pra você cantado por IZA no palco principal. Entre os convidados, também estiveram presentes nomes como Mariana Ximenes, Letícia Spiller, Bruna Linzmeyer, Dudu Azevedo, Johnny Massaro, Carmo Dalla Vecchia, Marcella Rica, Emilie Rey, entre outros.

Este ano o festival trouxe mais novidades: o palco Redley Stg, onde além de DJs agitando a galera durante todo o evento, o público poderá interagir fazendo sua própria apresentação. Seja sozinho ou em grupo, com ou sem banda, a ideia é dar um show. Outro espaço estreante é a Casa do Rock, trazendo Djs como Carol Novaes, Marie Bouret, CIX e Marcella Rica, e artistas como Lady Zeppelin e Fake Honey. O Boiler Room chega para dar espaço e exaltar a arte de nomes como Ebony, Aya Ibeji, Bonequinha Irakiana e Miss Tacacá. No Chill Out, mais Djs mostrando seu talento, como Quimera, Dani Avellar, Etérica e Maga, e VJs como Carol Santana, Visual Lores e Luael.

Os artistas que se apresentaram hoje (4/11), voltam ao Rock The Mountain no próximo sábado, dia 11, para um novo show.

VEJA OS FAMOSOS NO FESTIVAL ROCK THE MOUNTAIN


FOTOS: REGINALDO TEIXEIRA

Ainda com mais espaço para as artes visuais em 2023, o festival convidou o coletivo de arte multidisciplinar “Cool Shit” para desenvolver uma obra de arte inflável em homenagem à Rita Lee. O rosto do ícone do rock brasileiro terá mais de 7 metros de altura e ficará exposto em meio ao evento. Acostumados a criar obras lúdicas e realísticas de grandes artistas internacionais, como a exposição no Bad Bunny Museum, trabalhos para a Netflix e Louis Vuitton, essa será a primeira vez que o grupo apresenta seu trabalho no Brasil.

O público pode conferir também trabalhos de seis artistas plásticos nacionais e internacionais, que vão interagir com o espaço. Entre eles estãoTarsila Shubert,Roberto e Rosário,Vhils,JR com oThe Inside Out Project, AKACORLEONE,Sebastien PRESCHOUX e mais.

Mais que música, o RTM é arte e respeito. A gastronomia comprometida com a sustentabilidade oferece uma praça de alimentação 100% vegetariana, marca registrada do festival. A iniciativa, mais uma vez, irá gerar uma economia aproximada de 100 milhões de litros de água e a não emissão de carbono de aproximadamente o equivalente a 2 milhões de quilômetros rodados. O festival também é um dos pioneiros em acessibilidade no Brasil, contando com tradutores de libras nos palcos, áudio descrição nos bares, praça de alimentação e shows, além de veículos elétricos para garantir a mobilidade de PCDs.

Comments


bottom of page