Samba de Zé traz mais uma edição para os amantes do samba de raiz

Apreciadores do samba de raiz e admiradores do malandro Zé Pelintra já têm um novo encontro marcado em mais uma edição do “Samba de Zé”, na Cidade Velha. Será no próximo sábado, 15, a partir das 16h, reunindo grandes intérpretes de samba e outras vertentes da música brasileira, além de discotecagem.

O “Samba de Zé” traz a proposta das tradicionais rodas de samba, congregando o público em gira na rua com uma programação cultural de valorização e desmistificação da entidade Zé Pelintra e demais malandros e malandras, cultuados na Umbanda. O evento retomou as atividades no mês passado, depois de quase dois anos de recesso motivado pela pandemia do novo coronavírus, e agora quer consolidar um calendário mensal de edições, com todos os cuidados preventivos à Covid-19.


Segundo a coordenadora do projeto, Jessiane Souza, a próxima edição promete ser uma confraternização dos devotos do samba e de seu Zé. “A alegria é cultuada como principal arma contra o mal, e os Malandros nos ensinam a lidar com os problemas com perspicácia e confiança. O Malandro tem alma boêmia e para alegrar as dores da alma malandra, o melhor remédio é a música e a alegria. Por isso, reunimos um grande time de cantores e cantoras que vão apresentar sucessos consagrados do samba e levar alegria nestes tempos tão difíceis que passamos em meio a pandemia”, destaca Jessiane.

Nesta edição será lançado o "Cordão dos Malandro" e a roda de samba vai contar com diversos artistas de Belém, como os cantores e cantoras Diogo Rosa; Geraldo Nogueira; Samir Filho; João da Hora; Ruth Costa; Marlluce Oliveira e muitos convidados, como o músico Kléber Benigno "Paturi", do Trio Manari; a cantora Layse Rodrigues, da banda Layse e Os Sinceros, além de artistas como Iara Mê; Regina Ramos, Cris Matos, Arnaldo Buda. O evento também contará com a discotecagem da Dj Jack Sainha no início e nos intervalos da música ao vivo, com um set cheio de brasilidades, música paraense, batuques e músicas de terreiro.



Esta edição do Samba de Zé também será ao ar livre e deve repetir o sucesso da edição de dezembro, iniciando às 16h e seguindo até às 00h, com venda de bebidas e petiscos, no Canto do Zé Petiscaria, na esquina da Rua Óbidos com a Travessa de Breves, na Cidade Velha.

Serviço

Data: sábado, 15

Hora: 16h às 00h

Local: Canto do Zé Petiscaria (End.: Rua Óbidos esquina com a Travessa de Breves)

Informações: (91) 98954-5313

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square