Show “Chico Buarque - Um novo olhar” chega em Belém em novembro

Com a proposta de apresentar um Chico Buarque de Holanda mais pop e teatralizado, o NU’ZS duo lança o EP "Chico Buarque - Um Outro Olhar", trazendo elementos sonoros eletrônicos e guitarras até então pouco usados em gravações da obra do artista carioca. O álbum chegou às plataformas digitais dia 1º de maio e, a partir do dia 7, o grupo saiu em turnê nacional passando por 9 cidades - Belém recebe o show homônimo dia 10 de novembro no Teatro Gasômetro.

Quatro músicas que fizeram história no repertório de Chico estão no EP. “Tatuagem”, do álbum “Calabar” (originalmente lançado em parceria com Rui Guerra), “Sem Açúcar”, do aclamado disco ao vivo "Chico e Bethânia", “Sob Medida” e “Olhos nos Olhos” ganham riffs de guitarra e sintetizadores, dando um ar rock às canções. No show que roda o País, outras 20 músicas também ganham nova roupagem. No Ato 1, destaque para arranjos com uma linguagem mais pop para composições como “o Meu Amor” e “Folhetim”; no Ato 2, um momento mais intimista, com canções como “As Vitrines” e “Cálice”.


Formado pelo músico Max Silva e pela atriz Marcê Porena, o NU’ZS duo vem trilhando caminhos sonoros e poéticos diversos desde 2018. No espetáculo "Chico Buarque - Um Outro Olhar", Marcê canta e interpreta, enquanto Max, diretor musical do show, assina os arranjos e toca guitarra, além de fazer algumas intervenções teatrais ao lado de Marcê. Max optou por explorar a tecnologia para criação dos novos arranjos, gravando todos os instrumentos, desde baterias a sintetizadores, que suprimem a necessidade de uma banda ao vivo. Com dois artistas em cena, o show se torna minimalista e, ao mesmo tempo, grandioso pela quantidade de instrumentos que são ouvidos pelo público.

"Chico já foi gravado e apresentado de diversas maneiras, por diversos artistas nacionais e internacionais. A decisão de criar um Chico mais pop e ao mesmo tempo teatral tem a intenção de conectar a obra do artista a um outro público, que talvez não seja tão familiarizado com as canções, e de criar uma outra percepção e subjetividade da obra aos amantes tradicionais do artista carioca", diz Marcê. "A obra de Chico Buarque é necessária, vital e sem ela o Brasil seria mais pobre, como já disse Rui Guerra. Este show prova que, além de necessária e vital, quando interpretada, atualizada sob um outro olhar, essa obra estabelece um elo com a atemporalidade", reflete Max.

A luz do espetáculo foi desenhada pelo iluminador teatral Guilherme Bonfanti, responsável recentemente pela luz da montagem do diretor José Celso Martines Corrêa para “Roda Viva”, também de Chico Buarque. Para “Chico Buarque - Um Outro Olhar”, ele criou um novo caminho sensorial através do visual, ligando os artistas, a palavra de Chico, a sua música e o público.

SERVIÇO Duo NU’ZS em "Chico Buarque - Um Outro Olhar" Dia 10 de novembro, às 20h Teatro Gasômetro

Ingressos: à partir de R$ 70,00 À venda na Sympla pelo link:https://bileto.sympla.com.br/event/76359/d/157190

e na bilheteria do teatro no dia do show.

Classificação: 16 anos Duração: 120 minutos

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square