XXXIII Semana do Japão de Belém retorna com atividades presenciais

Após dois anos de ausência devido à pandemia, este ano será realizada nos dias 12 a 17 de

setembro a 33ª Semana do Japão, nas dependências da Associação Pan-Amazônia Nipo-

Brasileira (APANB), quando a maioria das comunidades nipônicas do Estado se reunirá para

participar deste evento, ora como protagonista, papel secundário, figurante ou outros

papéis.

Ademais, o evento comemora também o “Dia Municipal do Imigrante Japonês” e o “Dia da

Imigração Japonesa no Pará”, outorgados por meio da Lei nº 8.758 de 21 de junho de 2010 e

da Lei 7.319, de 15 de outubro de 2009, respectivamente.



O evento que tem atingido grande sucesso a cada nova edição, atrai todos os anos um

número maior de participantes e de visitantes que se estende muito além da comunidade

paraense de origem nipônica, principalmente os mais jovens. Durante o período de uma

semana serão ofertados várias oficinas àqueles que têm interesse em conhecer um pouco

mais sobre a cultura milenar japonesa, tais como culinária, dança folclórica, Koto

(instrumento musical de cordas), Ikebana (arranjo floral), Kirigami (corte em papel), Origami

(dobradura de papel), Shuji (caligrafia), Soroban (ábaco), Taiko (tambor), Yukata (vestimenta

informal de verão), entre outros.

Os que almejam estudar e/ou pesquisar no Japão, dia 15 (quinta-feira), serão apresentadas

as diferentes modalidades de bolsas de estudo do Governo do Japão e JICA, assim como os

depoimentos dos que estudaram em universidades japonesas. A semana culminará com a

cerimônia, shows, desfiles, exposições e vendas de produtos e comidas típicas japonesas nos

dias 16 e 17.


Programação

Dia 15 (quinta-feira)

Bolsas de estudo - Apresentação de bolsas de estudos oferecidas pelo Governo do Japão

(MEXT) e JICA às pessoas interessadas em estudar e efetuar pesquisas em universidades

japonesas, dia 15 de setembro (quinta-feira), a partir das 19h.

Dia 16 (sexta-feira)

Para a noite, estão reservadas diversas apresentações culturais na cerimônia de abertura,

como danças, artes marciais, Taiko, desfile de Lolita (estilo Kawaii – bonita) e outros, a partir

de 19h.


Dias 16 e 17 (Sexta-feira e sábado)

Diversas exposições das oficinas realizadas, feira de comidas típicas japonesas e iguarias das

províncias japonesas. Demonstração de Yukata (vestimenta informal de verão) a partir de

17h.


Dia 17 (sábado)

Antes de a festa começar, às 17h, a Travessa 14 de Abril será fechada para tráfego, no

perímetro entre as avenidas Gov. Magalhães Barata e José Malcher, para a apresentação da

dança folclórica e banda Kotekitai. A partir de 19h, será realizada a roda de dança folclórica

(Bon-odori).


Oficinas dos dias 12 a 15 de setembro


Culinária

Venha aprender as principais receitas e truques de uma das mais tradicionais e saborosas

culinárias do mundo, reconhecida em 2012 pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial

da Humanidade: a culinária japonesa. Dias 13 e 14 de setembro, 14h às 16h e 18h às 20h.


Bon-Odori - Dança folclórica

Esta dança especial faz parte de um período de homenagens correspondente ao dia de

finados ocidental. Nesta ocasião, as pessoas se confraternizam com essa dança por acreditar

que os mortos também participam deste momento. Dias 12 a 15 de setembro, 16h às 17h30.

Hanagasa - Dança folclórica


Dança típica da província de Yamagata – Japão, incluída desde 2014 no desfile da Semana do

Japão. Principal adereço é o Hanagasa (chapéu com flores).

Ikebana (arranjo floral)

Voltada, atualmente, para a decoração de interiores ou praticado como um agradável

passatempo, a arte do ikebana emprega materiais naturais, possuindo inúmeros estilos e

formas mundo afora. Turmas do dia 13 e 14 de setembro, 16h às 17h.


Origami (dobradura de papel)

Aprenda na prática como uma simples folha de papel pode se transformar, através de

dobras, nas mais variadas formas, como flores, animais, objetos e muito mais. Dias 12 a 14

de setembro, 18h às 19h30.


Kirigami (corte em papel)


Com o corte em papel aprenda a fazer deversos delicados artesanatos. 12 a 14 de setembro,

15h às 16h30.


Shuji (caligrafia japonesa)

A arte caligráfica japonesa, o shuji, é feito com pincel e tinta especial, e constitui-se na

principal arte do oriente e num mecanismo de grande importância para a compreensão da

cultura japonesa. Dias 12 a 14 de setembro, 15h às 16h30.


Soroban (ábaco)

Aprenda a calcular e desenvolver habilidades de raciocínio e memorização com a calculadora

japonesa. Dias 12 a 14 de setembro, 14h às 15h30.

Realização: Associação Pan-Amazônia Nipo-Brasileira e Consulado do Japão em Belém.


Serviço:

Local: Associação Pan-Amazônia Nipo-Brasileira

Travessa 14 de Abril, 1128, Belém (PA)

Contato: 91-9888-4435/98829-4133

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square